Embraer fecha acordo de R$ 3,5 bi com Portugal para a venda de aeronaves

1 min de leitura
Imagem de: Embraer fecha acordo de R$ 3,5 bi com Portugal para a venda de aeronaves
Avatar do autor

A Embraer fechou um acordo com Portugal para a venda de cinco aeronaves KC-390. O governo português irá desembolsar R$ 3,5 bilhões pelos aviões, e a aquisição faz parte de um esforço para visa modernizar a frota da Força Aérea Portuguesa.

Além dos aviões, o acordo também inclui um simulador de voo e suporte técnico. Foi a primeira vez que a Embraer realizou a venda de uma aeronave deste modelo para um país europeu e as unidades negociadas devem começar chegar ao país europeu a partir de 2023.

O governo de Portugal irá substituir o Hércules C-130, modelo usado atualmente de fabricação da estadunidense Lockheed Martin. O KC-390 atende os requisitos exigidos pela Força Aérea Portuguesa, sendo capaz de realizar missões militares e civis, como apoio humanitário, busca e salvamento, evacuação médica, e combate a incêndios florestais. Ele também pode ser utilizado para transporte e lançamento de carga e tropas, e reabastecimento em voo.

KC-390 durante seu voo de estreia. (Fonte: Embraer/Divulgação)

O presidente Jair Bolsonaro anunciou o acordo através da sua conta pessoal no Twitter. "Conseguimos concluir a venda de cinco aeronaves Embraer KC-390 para a Força Aérea Portuguesa, após autorização da aquisição pelo Governo de Portugal, que contribuiu ativamente para o desenvolvimento do KC, exemplo da tecnologia de ponta que produzimos no Brasil", comentou.

O CEO da Embraer Jackson Schneider também celebrou a negociação. “Hoje é um dia histórico para o Programa KC-390 e quero agradecer àqueles que contribuíram para o projeto. A parceria industrial entre Portugal e a Embraer contribui para o desenvolvimento da engenharia e da indústria aeronáutica portuguesas, representando mais de 300 milhões de euros em exportações por ano e milhares de empregos altamente qualificados”, afirmou.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) emitiu o Certificado de Tipo para o KC-390 em 2018 e a aeronave deve começar a ser utilizada em serviço pela Força Aérea Brasileira nos próximos meses. A Embraer também está em negociações para a venda do KC-390 também com República Tcheca, Chile, Argentina e Colômbia.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Embraer fecha acordo de R$ 3,5 bi com Portugal para a venda de aeronaves