Netflix registra baixa no número de assinantes no 2º trimestre

1 min de leitura
Imagem de: Netflix registra baixa no número de assinantes no 2º trimestre
Avatar do autor

Netflix apresentou recentemente os números contábeis do segundo trimestre deste ano e eles não agradaram muito os investidores. O serviço registrou “apenas” 2,7 milhões de assinantes, o que é um número expressivo, mas bem abaixo da previsão de 5 milhões que a própria companhia havia traçado para o período.

A notícia logo chegou à Bolsa de Valores de Nova York, onde as ações da empresa recuaram em média 11% ao longo do dia, chegando a custar US$ 322. O cenário preocupa um pouco os acionistas porque isso acontece antes da estreia de concorrentes de peso importantes, a exemplo do Disney+, do HBO Max (da WarnerMedia) e do Apple TV+.

Segundo os analistas da firma Morningstar, uma das principais razões pela queda no Q2 é o fato da Netflix ter condicionado seus usuários a esperar por conteúdo original de destaque a cada três meses. Quando isso não acontece, fica mais difícil angariar novos seguidores — ainda mais com os preços subindo.

netflixFonte: Netflix/Reprodução

“Observamos que os resultados ruins da Netflix são seguidos por trimestres fortes e, nesse sentido, esperamos que o ótimo portfólio de conteúdo do segundo semestre da Netflix leve a uma recuperação no crescimento de assinantes”, escreveram os analistas do Credit Suisse em nota a clientes, segundo a Reuters. Além disso, o aumento da pirataria também pode ser um dos fatores da baixa procura.

Previsão é de recuperação nos próximos meses

Embora seis corretoras tenham cortado os preços-alvo das ações, nenhuma delas deixou de recomendar as cotas da Netflix, vista em Wall Street como negócio de alto potencial de crescimento. O que mais motiva essa expectativa são estreias importantes até o final do ano.

A plataforma já começou com o sucesso estrondoso da terceira temporada da Stranger Things e ainda tem na manga as sequências de La Casa de Papel, Orange is the New Black, Mindhunter e The Crown; com ajuda da estreia do aguardado The Irishman, drama policial dirigido por Martin Scorsese e que tem no elenco Robert De Niro, Joe Pesci, Al Pacino e Harvey Keitel, entre outras estrelas.

netflixFonte: Splash News/Reprodução

A previsão da Netflix é que no Q3 a recuperação seja massiva, com mais 7 milhões de novos assinantes em todo o mundo. Resta saber como esse fôlego vai se manter com a chegada do Disney+, da Apple TV+ e do HBO Max.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Netflix registra baixa no número de assinantes no 2º trimestre