Facebook confirma que planos para a Libra seguem firmes

1 min de leitura
Imagem de: Facebook confirma que planos para a Libra seguem firmes
Fonte: Pixabay
Avatar do autor

Facebook avança com seus planos de lançar a Libra mesmo com o pedido de moratória (suspensão) por parte do Congresso dos Estados Unidos. David Marcus, executivo da empresa, respondeu aos parlamentares em audiência que a criptomoeda tem o compromisso de ser lançada quando todas as preocupações relacionadas a ela forem resolvidas.

No entanto, o Congresso dos EUA teme as implicações sobre a regulamentação financeira da Libra, assim como os contratempos já apresentados pelo Facebook em relação à segurança e privacidade de suas contas, o que lhe rendará uma multa estimada em US$ 5 bilhões.

Libra e Calibra

Idealizada por Marcus, que já foi presidente do PayPal, a Libra é um projeto de criptomoeda do Facebook com 27 parceiros, entre eles Visa, Mastercard, PayPal, Spotify e Uber, que facilitaria a forma de pagamento entre seus usuários. A previsão é de que seja lançada até junho de 2020.

A Calibra é a carteira digital que está sendo desenvolvida para armazenar a Libra e ser executada por WhatsApp e Messenger, o que daria acesso a mais de 1 bilhão de pessoas em todo o mundo.

(Fonte: Pixabay)

Um novo sistema financeiro global?

O Congresso dos EUA enxerga a Libra como inimiga da política monetária estadunidense e do dólar e considera seriamente impedir que o projeto avance. Com o alcance global do Facebook, a criptomoeda estaria criando um novo sistema financeiro global. Marcus, no entanto, explicou que a intenção é que a Libra trabalhe com as instituições financeiras, permitindo que o projeto ganhe muito mais força mundialmente se for aceito nos Estados Unidos.

O executivo também reiterou que os problemas de segurança seriam resolvidos com a Calibra, subsidiária que cuida da moeda digital, pois as informações sobre privacidade dos usuários não seriam compartilhadas com o Facebook.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Facebook confirma que planos para a Libra seguem firmes