Imagem de: Patinetes elétricos da Lime chegam a São Paulo e Rio de Janeiro

Patinetes elétricos da Lime chegam a São Paulo e Rio de Janeiro

2 min de leitura
Avatar do autor

Até que demorou (tipo, a metade do ano), mas as marcas estrangeiras de patinetes finalmente começam a operar aqui no Brasil. A primeira do ranking mais famoso é a americana Lime, que inaugurou nessa terça, dia 02, seus serviços na cidade de São Paulo. Na quinta, dia 04, vai apear no Rio de Janeiro.  E já começou a espalhar seus elétricos na cidade: olha a foto que fizemos no caminho para o evento para a imprensa:

Quem é, número de scooters e preços

A Lime é uma das principais marcas no setor de patinetes elétricos no mundo. Ela está presente em 25 países e já realizou mais de 65 milhões corridas pelo mundão afora. A firma já tinha colocado um pé na América Latina, usando seu modal no Chile, Colômbia e Uruguai. Além do Brasil, Argentina e Peru também estão nessa nova rodada de inaugurações.

A empresa não revelou o número total de veículos que vai disponibilizar, mas citou que "alguns milhares" foram trazidos para o Brasil. Na questão de preço, o valor não é muito diferente do praticado na concorrência: R$ 3 reais para desbloquear o patinete e R$ 0,50 por minuto.

Durante a cerimônia de lançamento, Joe Kraus, presidente global da Lime, tratou de posicionar a marca como uma solução de transportes para viagens de curta duração, usando o mote "O tipo de veículo certo para cada viagem".

Assinatura The BRIEFVenha para o The BRIEF

Parcerias, Prevenção e Corridas

Para acelerar o uso dos seus limões andantes pelas ruas de SP, a marca anunciou uma parceria com a rede Pão de Açúcar na qual, nas lojas que servirem como pontos de paradas, os usuários podem fazer o download do app e usar um cupom para conseguir um voucher de R$ 10 para testar o serviço. Indo para a parte governamental, a empresa destacou que está trabalhando junto com a prefeitura de São Paulo para encontrar um consenso sobre como os patinetes podem ser incorporados aos  modais da cidade sem comprometer a segurança dos usuários.

Falando em segurança: outra iniciativa comunidade pela Lime é o programa First Ride, uma espécie de curso rápido para aprender a andar de patinete elétrico. Ele é gratuito e a primeira edição acontece no Largo da Batatinha, em SP, no sábado. É necessário se inscrever para conseguir participar.

Por último, mas não menos importante, bora falar sobre os locais em que ela vai funcionar. De acordo com a área de uso registrada pelo seu app, a operação da empresa começa bem perto das estações da linha esmeralda da CPTM, alcançando apenas a ciclovia da Faria Lima e ainda não chegando em points mais bombados, como o Ibirapuera e a própria Avenida Paulista.

Pode-se dizer que “azedou” para quem achou que seria fácil dar umas voltas no possante elétrico. Se o mesmo gosto amargo será sentido pela concorrência é uma história que vamos acompanhar nos próximos meses.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Patinetes elétricos da Lime chegam a São Paulo e Rio de Janeiro