Imagem de: Spotify agora direciona anúncios com base nos podcasts que você ouve

Spotify agora direciona anúncios com base nos podcasts que você ouve

1 min de leitura
Avatar do autor

O Spotify anunciou que, a partir de agora, os anunciantes podem direcionar as propagandas para um público-alvo a partir de informações sobre os podcasts que as pessoas escutam. Isso significa que os anúncios não levarão em conta apenas as músicas de que o usuário gosta, mas também as categorias de podcasts que ele consome. O intuito é tornar as propagandas mais específicas, pois ouvir um programa informativo indica mais sobre os hábitos das pessoas do que as músicas que elas curtem.

O serviço de streaming tem investido em podcasts, inclusive com parcerias com empresas jornalísticas para oferecer conteúdo exclusivo aos seus usuários. A informação de hoje é mais uma indicação da importância dos programas para o serviço de streaming, sendo também uma estratégia para valorizar os anúncios e gerar mais receita a partir deles.

(Fonte: Spotify)

De acordo com informações do The Verge, uma porta-voz da empresa explicou que o Spotify quer continuar explorando propagandas associadas aos podcasts. Ela afirmou que a companhia almeja desenvolver um modelo mais robusto de anúncios para os programas, de modo a permitir explorar as diferenças existentes no tipo de público-alvo, de métricas e de informações que já existem para anúncios vinculados a outros conteúdos, como músicas.

O Brasil é um dos 10 países nos quais o direcionamento de anúncios baseado em podcasts ouvidos está sendo testado

O Brasil é um dos 10 países nos quais o direcionamento de anúncios baseado em podcasts ouvidos está sendo testado. O funcionamento será o mesmo que já existe no Spotify: as propagandas serão inseridas no intervalo entre as músicas para os usuários que não pagam pelo serviço. A diferença é que agora elas serão direcionadas, mas não haverá mudanças em relação aos anúncios existentes dentro dos programas.

Para começar, o Spotify fechou uma parceria com a Samsung e com a 3M. Para as empresas, é uma vantagem usar a propaganda direcionada a partir dos podcasts porque, de acordo com os assuntos dos programas que as pessoas escutam, é possível ter noção do interesse sobre tecnologia, por exemplo, ou sobre os produtos da marca em questão. 

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Spotify agora direciona anúncios com base nos podcasts que você ouve