A Google teria alertado ao governo de Donald Trump sobre os riscos que o boicote à Huawei pode trazer à segurança nacional dos Estados Unidos. A companhia estaria em busca de uma saída para deixar o grupo de empresas pressionadas para restringir tecnologia à gigante chinesa, de acordo com o Financial Times.

O jornal diz ter conversado com três fontes anônimas. Segundo os depoimentos, a Google estaria preocupada com o sistema operacional da Huawei, que teria o nome de “Hongmeng”, pois ele seria mais fácil de hackear.

"Como outras empresas dos Estados Unidos, estamos nos comprometendo com o Departamento de Comércio para garantir plena conformidade com requisitos e licença temporária", disse um porta-voz, via email. "Nosso foco é proteger a segurança dos usuários da Google em milhões de aparelhos Huawei existentes nos Estados Unidos em todo o mundo.”

huaweiFonte: GizChina

Um dos maiores temores é que uma brecha possa ser explorada para obter dados sensíveis de dispositivos Huawei em solo ianque para o restante do mundo e vice-versa. Ou seja, a Google está preocupada exatamente com o que Trump acusa os asiáticos, de espionagem e vazamento de informações.

Embora seja irônico, a companhia oriental não comentou o assunto, assim como os canais oficiais da Gigante das Buscas.

Cupons de desconto TecMundo: