Continua a onda de banimento da Huawei, imposta pelo governo dos Estados Unidos. As companhias seguem aderindo às restrições do governo Trump e, depois de ficar sem poder usar cartões SD em seus futuros dispositivos, agora é a vez da WiFi Alliance cortar relações com a chinesa.

“A WiFi Alliance cumpre integralmente a recente ordem do Departamento de Comércio dos Estados Unidos sem revogar a associação à Huawei Technologies. A WiFi Alliance restringiu temporariamente a participação da Huawei Technologies em suas atividades, de acordo com o pedido”, diz a companhia, em comunicado, segundo o Nikkei Asian Review.

Ou seja, a Huawei não teve seus direitos revogados junto à WiFi Alliance, apenas não conta temporariamente com seu certificado. A organização é responsável por testar e assegurar que os aparelhos funcionem sem problemas, no padrão estabelecido. Isso significa que os próximos produtos da empresas asiáticas vão poder usar a tecnologia wireless, mas sem o aval oficial — pelo menos por enquanto.

Assinatura The BRIEFVenha para o The BRIEF