Governo quer digitalizar 80% dos serviços do Executivo até 2020

1 min de leitura
Imagem de: Governo quer digitalizar 80% dos serviços do Executivo até 2020
Fonte: Instituto Millenium
Avatar do autor

O Governo Federal quer digitalizar, até 2020, 80% dos 2.897 serviços públicos prestados pelo Executivo Federal. Hoje, essa taxa é de 42%, com 1.250 serviços oferecidos por canais eletrônicos que podem ser acessados via aplicativo ou site.

O anúncio foi feito pelo Secretário Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Paulo Uebel, durante o Painel Telebrasil.

Economia

De acordo com Uebel, a digitalização traz mais simplicidade, integração e automatização de processos — o que reflete em economia. Segundo o secretário, o aumento de 1% de digitalização no Governo traz ampliação de 0,5% do PIB, 0,13% do IDH e 1,9% do comércio internacional.

A expectativa é que essa transformação digital gere uma economia de R$ 6 bilhões. O retorno sobre investimento, nesse caso, de acordo com o Governo, é de mais de 300%.

Digitalização

O plano é que todos os serviços prestados pela Previdência Social sejam digitalizados até julho deste ano. E a previsão até o fim de 2019 é que a área de infraestrutura também esteja 100% digital.

Assim, segundo a Agência Brasil, os trabalhos feitos por agências como Anac e ANTT poderão ser transferidos para canais eletrônicos. Isso não significa, entretanto, que os postos de atendimento deixarão de existir, apenas que o cidadão terá mais um canal para contato com as instituições.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Governo quer digitalizar 80% dos serviços do Executivo até 2020