Qualcomm vai levar ao menos US$ 4,5 bilhões no acordo com a Apple

1 min de leitura
Imagem de: Qualcomm vai levar ao menos US$ 4,5 bilhões no acordo com a Apple
Avatar do autor

A Qualcomm divulgou o relatório financeiro do último trimestre e aquele amontoado de números e cifras trouxe uma informação especial: os possíveis valores do acordo firmado entre a empresa e a Apple para acabar com as pendências judiciais entre as duas companhias. De forma direta, esse acerto deve render ao menos US$ 4,5 bilhões, com potencial para chegar a US$ 4,7 bilhões.

A indicação aparece na previsão de estimativas para o próximo trimestre na categoria “receitas atribuíveis a outros itens” e foi rapidamente associado ao acordo judicial anunciado em abril pelas duas empesas, que vinham se engalfinhando nos tribunais há algum tempo. Prevaleceu a acusação da Qualcomm de que a Apple violou suas patentes e, portanto, a Maçã aceitou pagar uma quantia bilionária.

Acordo + negócios futuros

Vale ressaltar que esses US$ 4,5 bilhões dizem respeito apenas à disputa judicial em questão, ou seja, não estão incluídos aí os dólares que virão diante do novo contrato de seis anos feito entre as duas empresas para o fornecimento de tecnologia da Qualcomm para os produtos da Apple.

A nova fase “paz e amor” das duas gigantes acabou respingando na Intel, que anunciou a sua retirada do mercado de modens mobile — posteriormente, a empresa confirmou o movimento como resultado da nova parceria entre Apple e Qualcomm. As informações de bastidores dão conta de que a Maçã não levou fé na capacidade da Intel de suprir a sua demanda nos próximos anos.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Qualcomm vai levar ao menos US$ 4,5 bilhões no acordo com a Apple