Apple garante que suas operações funcionam com energia 100% limpa desde 2018. Isso inclui suas lojas, escritórios e data centers em 43 países, dentre eles Estados Unidos, China, Reino Unido e Índia. A companhia há alguns anos tem se concentrado em projetos próprios com esse tipo de fonte, e começa estendê-los também a seus fornecedores. No caso, isso inclui atividades envolvidas na fabricação de qualquer produto da marca.

De acordo com a Apple, foram fechados novos acordos com nove organizações nesse sentido – sendo a maioria delas baseada na China – o que totalizará em 23 fornecedores com o compromisso de administrar suas operações com energia totalmente limpa. Devido a essa parceria, a companhia deve ultrapassar sua meta de obter 4 gigawatts em toda a sua cadeia de suprimentos através de fontes renováveis até 2020.

Destaque: prédios da Sunseap, uma das empresas fornecedoras da Apple. Fonte: reprodução/Apple.

“Continuaremos a transpor todas as barreiras possíveis com os materiais em nossos produtos, a maneira como os reciclamos, nossas instalações e nossa trabalho de parceria com fornecedores para estabelecer fontes inovadoras de energia renovável, pois nosso futuro depende disso”, apontou Tim Cook, CEO da empresa.

A Apple ainda aponta que já gerou 626 megawatts de capacidade, a partir de 25 projetos seus espalhados em todo o mundo. Desse total, só em 2017, a empresa obteve 286 megawatts proveniente de energia solar fotovoltaica. Outros 15 projetos nesse formato estão em fase de desenvolvimento. A partir deles, a expectativa é que seja gerado 1,4 gigawatt de energia renovável em 11 países.

A companhia mais valiosa do mundo também está de olho em outras formas de se tornar uma empresa altamente ecofriendly. No caso, ela tem buscado meios de produzir dispositivos da marca com suprimentos reciclados. Em 2018 mesmo, afirma ter fabricado um iPhone com desperdício zero. A companhia espera atingir o mesmo objetivo em 2019 com outros produtos, como: IPad, Mac, Apple Watch, Airpods e HomePod.

Cupons de desconto TecMundo: