Patente da Apple indica Face ID em Macs e Touch Bar no Magic Keyboard

2 min de leitura
Imagem de: Patente da Apple indica Face ID em Macs e Touch Bar no Magic Keyboard
Avatar do autor

Há muito se especula sobre a possibilidade de a Apple levar o Face ID para os MacBooks e iMacs, mas agora uma nova patente da empresa sobre esse assunto surgiu na web. O novo documento traz mais detalhes sobre como a Maçã poderia incluir o reconhecimento facial em seus computadores, mas não chega a esclarecer muita coisa.

A primeira patente sobre o Face ID flagrada pelo Patently Apple em 2017, antes mesmo de a tecnologia estrear noiPhone X, era inclusive focada no uso da dita biometria em computadores e não em smartphones.

Mas o que temos de novidade é a forma como a identificação biométrica atuaria para liberar acesso do computador ao usuário. Em resumo, o Face ID de um eventual novo Mac ficaria sempre ligado, mesmo no modo “Power Nap”, mas de uma forma bem limitada apenas para detectar a presença de um rosto na frente do computador.

Só quando fosse detectada uma pessoa frente ao computador é que o Face ID buscaria identificá-la

O objetivo, naturalmente, é economizar energia com isso. Só quando fosse detectada uma pessoa frente ao computador é que o Face ID buscaria identificá-la. Quando a tela ligasse, ela já estaria desbloqueada, com a área de trabalho pronta para o usuário utilizar. Isso, claro, se a pessoa fosse o usuário correto.

A patente, contudo, fala em autenticação por meio do reconhecimento da íris no olho humano em vez de um reconhecimento 3D da face, como vemos nos novos iPads e iPhones. Nesse caso, esse “novo Face ID” funcionaria mais como o leitor de íris que a Samsung entregou no Galaxy S8 e S9, que é mais preciso e mais seguro.

patenteNova patente poderia indicar novos rumos para os computadores da Apple (fonte: Patently Apple)

Isso porque o Face ID pode ser enganado por gêmeos, parentes muito próximos e crianças. Já a identificação por íris não permitiria que algo do tipo acontecesse.

Teclado com Touch Bar para iMacs

A mesma patente, que ainda abrange vários outros pontos. Ela fala sobre uma tela sensível ao toque OLED em teclados para computadores desktop nos moldes do que vemos hoje na Touch Bar para MacBooks.

Não há muita dúvida de que a empresa realmente poderia estar trabalhando nisso, mas é interessante destacar que colocar uma Touch Bar similar ao que vemos nos notebooks da empresa hoje em um teclado sem fio representaria grandes desafios em autonomia de bateria para o dito periférico.

appleConceito de como seria um Magic Keyboard com Touch Bar (fonte: Patently Apple)

Nesse caso, a Apple e os usuários teriam que decidir se a utilidade — muito limitada — da Touch Bar justifica ter que recarregar um teclado sem fio com muita frequência.

Seja como for, nenhuma dessas patentes pode sequer estar sendo concretizada em um produto final, como é o caso da maior parte das tecnologias registradas por grandes empresas como a Apple. As chances de a empresa simplesmente estar tentando se garantir nesse segmento são grandes.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Patente da Apple indica Face ID em Macs e Touch Bar no Magic Keyboard