Rede de blockchain da IBM para transações começa a funcionar em 72 países

1 min de leitura
Imagem de: Rede de blockchain da IBM para transações começa a funcionar em 72 países
Avatar do autor

A rede global de pagamentos em tempo real da IBM, a Blockchain World Wire, entrou em funcionamento oficialmente no dia 18 de março. Operando em 72 países, 44 bancos e compatível com 47 moedas, a rede tem o objetivo de facilitar e acelerar transações financeiras, como transferências e pagamentos transnacionais, viabilizando maior movimentação de dinheiro em países com infraestrutura limitada, promovendo sua inclusão financeira.

A IBWW é a primeira rede blockchain desse tipo a integrar confirmações de pagamentos, compensações e liquidações em uma única rede unificada, permitindo que os clientes escolham dinamicamente uma variedade de ativos digitais para concluírem seus negócios.

Fonte: Bitcoin Magazine

Em vez da burocracia pertinente aos bancos convencionais, a IBWW oferece um modelo de pagamentos internacionais, baseado no protocolo da criptomoeda Stellar (XLM), que faz transferências de dinheiro ponto-a-ponto. Isso permite acelerar os processos por meio da redução de intermediários e usando os chamados ativos digitais, que são as criptomoedas e as “stablecoins”. Stablecoins são moedas digitais criadas para minimizar a volatilidade de seu valor de mercado, sendo, geralmente, atreladas a uma moeda fiduciária. Com a simplificação do processo geral das transações financeiras, os custos também são reduzidos.

O Bradesco é o primeiro banco brasileiro interessado em aderir à IBWW. Além dele, outros cinco grandes bancos estão aguardando as aprovações para começar a emitir suas próprias stablecoins na rede, dentre eles o Bank Busan (Coreia do Sul) e o Rizal Commercial Banking Corporation (RCBC) Filipinas).

Por enquanto, a IBWW está operando com a criptomoeda Stellar e a stablecoin do dólar, com a IBM promovendo a expansão da rede para mais países e aumentando o número de bancos parceiros.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Rede de blockchain da IBM para transações começa a funcionar em 72 países