De acordo com dois analistas de mercado independentes, a Apple estaria planejando lançar seus tão esperados óculos de realidade aumentada entre o fim de 2019 e a primeira metade de 2020. As informações são do já conhecido Ming-Chi Kuo, que vem vazando informações e dando previsões sobre a Apple há anos. Corroborando praticamente tudo o que ele disse, temos também Guo Minghao, do banco de investimentos Tianfeng International Securities.

Ambos reportaram uma mudança importante nos planos da Maçã para um hardware dedicado a realidade aumentada. Em 2017, rumores indicavam que a empresa estava trabalhando em um aparelho independente, nos moldes do HoloLens da Microsoft, o qual teria seu próprio sistema operacional, o rOS.

Nesse momento, contudo, fala-se em um “Apple Glasses” — ou qualquer que seja o nome oficinal do produto — que funcionaria como um acessório para o iPhone. Dessa forma, o aparelho seria muito mais compacto e leve, deixando toda a carga de processamento para os smartphones da empresa.

apple glassÓculos de realidade aumentada da Apple poderiam ser leves e funcionar como um display sem fio para os iPhones (fonte: TechAcute)

Ao contrário dos HoloLens 2, esse produto seria voltado para o consumidor final

Com isso, os óculos de realidade aumentada seriam apenas um display conectado aos celulares sem fio, permitindo o uso em espaços abertos e fechados. Ao contrário dos HoloLens 2, contudo, esse produto seria voltado para o consumidor final, e não para empresas.

Todo o posicionamento espacial necessário para o processamento das imagens também seria fornecido pelos sensores do próprio celular. Dessa maneira, poderemos ver um próximo iPhone com sensores bastante avançados em 2019, preparando uma possível compatibilidade com os novos óculos de realidade aumentada.

Uma década de patentes

A Apple vem trabalhando em patentes sobre realidade virtual e aumentada há cerca de dez anos, mas ainda não lançou qualquer produto dedicado a isso. O iOS já conta com alguns recursos e apps que usam o seu ARKit para realidade aumentada direto no celular, mas nada foi materializado em um produto de hardware.

Kuo e Minghao falam em um lançamento comercial na primeira metade de 2020, mas é importante destacar que nenhum deles trabalha na Apple. Apenas contam com fontes ligadas à empresa. Não seria surpresa também caso nada disso se concretizasse, já que estamos lidando com rumores.

Cupons de desconto TecMundo: