Suporte do Windows 7 acaba em julho para quem evitar atualizações de março

1 min de leitura
Imagem de: Suporte do Windows 7 acaba em julho para quem evitar atualizações de março
Avatar do autor

Os usuários que ainda continuam no Windows 7 já devem saber que a Microsoft trará suporte ao sistema operacional até janeiro de 2020, mas, caso eles não realizem todas as atualizações, em especial a de março de 2019, talvez esse suporte acabe antes do esperado. Isso porque a atualização trará mudanças no código dos updates que o tornará obrigatório para receber os próximos patches.

A Microsoft anunciou um patch de segurança para o Windows 7 que deve ser lançado em março e trará uma mudança na forma como o código é tratado. Isso porque, a partir dele, os updates usarão apenas o algorítmo hasg SHA-2 para autenticar os patches e assegurar que eles vêm diretamente da Microsoft. Atualmente, o sistema operacional trabalha autenticação dupla, com algorítimos SHA-1 e SHA-2, mas para se alinhar aos padrões da indústria, a Microsoft optou em tornar a versão mais segura na exclusiva.

Imagem: Reprodução/MSPowerUser

Para isso, a atualização de março deve trazer a maior parte da mudança de base para que os próximos updates, esses sim totalmente em SHA-2, funcionem normalmente. Por isso, caso o patch de março não seja instalado, o Windows 7 em questão não poderá aproveitar os últimos meses de atualizações de segurança. A Microsoft informou que os consumidores que estiverem usando o Windows 7 Service Pack 1 terão até 16 de julho para atualizar seus computadores para não ficarem sem os próximos updates.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Suporte do Windows 7 acaba em julho para quem evitar atualizações de março