A IBM anunciou hoje (15) uma parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) para a criação de um centro de pesquisa em inteligência artificial – o primeiro da América Latina a integrar o IBM IA Horizons Network, que funciona com parcerias e colaborações entre estudantes de universidades e pesquisadores da própria empresa.

O Brasil tem uma vocação para pesquisas em recursos naturais e, principalmente, agricultura. Nosso laboratório vem trabalhando há mais de três anos com agricultura digital

O investimento de 10 anos no centro de pesquisa vai ser de US$ 20 milhões, ou R$ 74 milhões. Metade desse custo vai ser dividido entre a IBM e a Fapesp e o restante vai vir de outras instituições – universidades e centros de ensino – que podem participar da iniciativa se inscrevendo por meio deste link.

“O Brasil tem uma vocação para pesquisas em recursos naturais e, principalmente, agricultura. Nosso laboratório vem trabalhando há mais de três anos com agricultura digital. Já temos grande volume de dados sobre o assunto, que é uma área econômica importante para o país”, afirmou Ulisses Mello, diretor de IBM Research Brasil, em entrevista à agência de notícias EFE.

Entre as áreas de pesquisa do empreendimento estarão recursos naturais, agronegócio, meio ambiente, finanças e saúde, além do desenvolvimento de algoritmos avançados de inteligência artificial, que expandam a capacidade de aprendizado de máquinas, em que a IBM lidera globalmente desde a criação do famoso robô Watson, com o qual a empresa já implementou soluções em 80 países.

Espera-se que o centro de pesquisa esteja funcionando já no terceiro trimestre de 2019.