Aibo, o meigo cão-robô da Sony, ganhará algumas mudanças, que podem torná-lo ainda mais atraente para o mercado. Ele agora terá atualizações para que possa agir como um cão de guarda, a partir de um serviço chamado “Aibo Patrol”. Nesse sentido, sua estrutura será aproveitada para também reconhecer até 10 rostos e criar mapas internos de um empreendimento. Já o acompanhamento e programação dessas funções, poderão ser feitos facilmente a partir de um smartphone.

Fonte: Sony

As novas funções são fruto de uma parceria entre a Sony com a Secom, empresa especializada em segurança também de origem japonesa. Com isso, Aibo deve continuar recebendo atualizações gratuitas para sua melhoria. Sem apresentar muitos detalhes, a Sony ainda apontou em comunicado oficial que a colaboração trará ao cão-robô “recursos e serviços futuristas”. As mudanças com foco em segurança estão previstas para fevereiro de 2019, e irão acontecer sem custo adicional aos donos do bichinho. Já em junho do mesmo ano, seu modo de armazenamento de imagens será alterado, de forma que possa fornecer novas ferramentas para criação de álbuns de fotos, por exemplo.

No fim dos anos 90, Aibo foi criado para ser um animal/brinquedo de estimação inteligente, que aprendia novos gestos e respondia a ordens de seus donos, a partir de sensores e um software avançado. Em 2018, a companhia japonesa relançou o simpático animal tecnológico com novo design e habilidades.

Fonte: Sony

Aibo também será lançado nas cores marrom e branco

Em comemoração ao aniversário de um ano do lançamento do modelo recente do Aibo, a companhia ainda anunciou que em fevereiro irá lançar sua “Choco edition”, que no caso será vendida nas cores marrom e branco, remetendo aos cães da raça beagle. Até então, ele só estava disponível na cor branca acinzentada.

Além disso, a Sony deve criar uma promoção, em que será possível adquirir uma cauda preta adicional para o animalzinho. Ele só poderá ser comprado pelo mesmo preço da versão atual, disponível somente no Japão, a partir de 198.000 ienes, cerca de 1.800 dólares. Infelizmente, não há previsão para sua chegada a outros países.