Um dos principais meios para o acesso a internet é, atualmente, o smartphone. A versatilidade e portabilidade desses aparelhos proporcionou conexão na palma da mão, em qualquer momento do dia, com interface convidativa e experiência tão completa quanto os clássicos desktops.

No entanto, as ferramentas de navegação do PC são extremamente diferentes de uma pequena tela sensível ao toque. Utilizar mouse e teclado exige as duas mãos do usuário, enquanto as telinhas são ideais para navegação com apenas uma mão. Como, então, transformar os sites para proporcionar uma experiência agradável ao usuário mobile?

As alternativas são a criação de um aplicativo ou um web app. Embora atendam ao usuário mobile, o propósito, desenvolvimento e custo dessas opções são diferentes.

O desempenho também se difere. Enquanto o aplicativo se comunica diretamente com o sistema operacional (e, em seguida, com o hardware), o web app é acessado utilizando o navegador de preferência do usuário. O que resulta em algumas limitações.

No entanto, optar por um web app também tem suas vantagens. Existe uma parcela de usuários que são resistentes a instalação de apps em seus dispositivos (seja por organização ou por possuírem um dispositivo de entrada). Portanto, embora proporcione mais fluidez, o aplicativo não atende a todos.

Permitir que o usuário tenha uma boa experiência ao navegar em sites é prioridade, principalmente quando são possíveis consumidores. Sites de e-commerce já reconhecem essa necessidade. Por isso, a maioria deles permite o usuário escolher a alternativa que melhor atenda suas preferências.

Otimizando o desenvolvimento

A mudança de hábito dos usuários, então, resultou no aumento da demanda de web apps. Impacto que recai sobre os desenvolvedores, que agora devem produzir mais páginas, sem abrir mão da qualidade. Então, para solucionar esse problema, a IBM disponibilizou Starter Kits de desenvolvimento. Acelerando a construção de aplicações, incluindo Web Apps.

O objetivo desse serviço IBM Cloud é otimizar o trabalho de desenvolvedores de aplicativos Cloud Native, em várias arquiteturas, linguagens e frameworks — incluindo web apps e aplicativos mobile.

Os kits são pré-configurações de aplicações que permitem adicionar serviços, baixar o código, depurar e rodar localmente e até lançar no Kubernetes, DevOps Pipeline e Cloud Foundry.

Outra vantagem dos Starter Kits IBM são as ferramentas IBM, incluindo habilidades cognitivas da inteligência artificial Watson, que podem ser adicionadas com facilidade.

O catálogo vasto de Starter Kits visa atender necessidades específicas das aplicações. Um dos kits disponíveis é o Python Web App with Flask. Garantindo a simplicidade, facilidade e desempenho do framework Flask.

A imagem acima demonstra a arquitetura do Starter Kit.

Utilizar a plataforma não é tarefa difícil. Entenda como utilizar a plataforma com o seguinte vídeo (utilizando o Starter Kit Express.js Basic with Node.js):

Como utilizar os Starter Kits?

Começar a utilizar os Starter Kits, felizmente, não tem custo. É possível utilizar os serviços IBM Cloud — Starter Kits e Watson, por exemplo — com o cadastro IBM Cloud Lite. Essa alternativa garante acesso aos serviços por tempo ilimitado, mas com algumas limitações.

Há também planos para empresas e times de desenvolvimento. Com auxílio do IBM Calculator é possível calcular exatamente quanto custará sua assinatura, seja ela tradicional ou no estilo “Pay-as-you-go”

...

Você participou da experiência IBM Profile Definer? Conte aqui para a gente o que você achou!