Como avaliar aplicações Java EE para implementação na nuvem

2 min de leitura
Patrocinado
Imagem de: Como avaliar aplicações Java EE para implementação na nuvem
Avatar do autor

A crescente onda de aplicações baseadas na nuvem atrai muitos com promessas de agilidade, otimização e velocidade. Porém, aquelas aplicações antigas, cujo início de ciclo de desenvolvimento foi iniciado há tempos, ou até mesmo as recentes que estão sendo desenvolvidas com uma arquitetura mais tradicional em mente podem apresentar problemas ao serem portadas para a nuvem.

Atualmente, existem diversas ferramentas e plataformas que facilitam o desenvolvimento de aplicações web. Elas modificaram um pouco a forma de construir sistemas e trouxeram novos padrões que podem passar despercebidos por quem já está acostumado com o desenvolvimento Java EE tradicional.

Muitas vezes, na ansiedade de disponibilizar um serviço na nuvem, os desenvolvedores utilizam o método chamado de lift and shift, no qual passam todo o ambiente de produção para máquinas virtuais na nuvem. No entanto, desse modo eles transferem junto todos os problemas que já tinham anteriormente.

O Cloud Transformation Advisor, serviço disponível para os usuários do IBM Cloud Private, oferece uma ajuda para quem precisa colocar suas aplicações na nuvem. O Transformation Advisor coleta os dados de uso de aplicações Java EE e analisa seu código-fonte, visando apresentar opções eficientes de portabilidade.

Após instalar o coletor de dados fornecido para seu sistema específico, basta deixar sua aplicação trabalhando por algum tempo. Ao coletar todas as informações necessárias, elas automaticamente serão enviadas para o Transformation Advisor. Com esses dados em mãos, a ferramenta faz uma análise do que foi obtido e fornece relatórios sobre o funcionamento do sistema e uma estimativa do nível de complexidade para migrá-lo para a nuvem, podendo este ser: simples, moderado ou complexo. Além disso, ela apresenta informações sobre tudo que precisa ser modificado no código da aplicação, mostrando alternativas que podem resolver as situações identificadas.

Contando com uma grande variedade de serviços disponíveis na plataforma da IBM Cloud para deploy de aplicações Java EE na nuvem, o Transformation Advisor apresenta junto dos relatórios uma tabela, demonstrando qual opção é a mais indicada para o uso da sua aplicação, como Liberty for Java ou WebSphere.

Quando uma aplicação analisada apresenta um nível baixo de complexidade, a ferramenta ainda oferece um migration bundle, gerando automaticamente arquivos de configuração para Docker, Jenkins, Maven e outras plataformas. De forma automatizada, o Advisor pode também dar um push de sua aplicação para um repositório no GitHub e fazer a entrega na plataforma Microclimate, solução para criação, montagem, teste e deploy de aplicações na nuvem da IBM.

Com todos esses recursos oferecidos, migrar sistemas para a nuvem torna-se uma tarefa muito mais simples e rápida. E com os serviços disponíveis no IBM Cloud Private, os problemas encontrados podem ser facilmente resolvidos.

Para mais informações sobre o IBM Cloud Transformation Advisor, clique aqui.

...

Você participou da experiência IBM Profile Definer? Conte aqui para a gente o que você achou!

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Como avaliar aplicações Java EE para implementação na nuvem