Flexibilidade e versatilidade com hospedagem e desenvolvimento sem servidor

3 min de leitura
Patrocinado
Imagem de: Flexibilidade e versatilidade com hospedagem e desenvolvimento sem servidor
Avatar do autor

Flexibilidade é um aspecto importante quando se trata de aplicações. A execução, quando muito “engessada”, acaba limitando o usuário e provavelmente não irá concluir seu objetivo. Para evitar esses contratempos, incluindo os impostos pelo hardware utilizado, a IBM oferece o serviço IBM Cloud Functions.

Baseado no Apache Openwhisk, o Cloud Functions é uma plataforma poliglota de programação Function-as-a-Service que executa funções em resposta a eventos recebidos. Uma das suas vantagens é pagar apenas pelo tempo de execução (em até décimos de segundo), dispensando a preocupação com tempo inativo ou excesso de capacidade. O objetivo da plataforma é permitir que os desenvolvedores construam suas soluções sem se incomodarem com configuração e manutenção de servidores.

As ações podem ser desenvolvidas em linguagens suportadas nativamente (Node.js 6, Python, Go, PHP, Swift 3, Java) ou qualquer outra por meio de um contêiner do Docker. Os códigos podem ser chamados por uma API de REST ou em respostas a serviços IBM Cloud.

IBM Cloud Functions e planejamento urbano

As possibilidades criadas pelo fácil acesso às ferramentas IBM Cloud são várias, e essa é a maior vantagem da plataforma. Contando com isso, a GreenQ, cujo objetivo é tornar coletas de lixo mais eficientes e otimizadas por meio de dados, notou a oportunidade de trabalhar com a IBM para aprimorar seu negócio — por isso, passou a utilizar os serviços de hospedagem IBM Cloud Functions.

“Não há nenhuma sobrecarga no Cloud Functions, porque a performance não é de apenas uma máquina virtual ou servidor.”

O acesso facilitado às habilidades cognitivas Watson foi o maior motivador para a contratação dos serviços, mas a flexibilidade e a automatização do IBM Cloud Functions também se encaixaram muito bem. Com a hospedagem, assim que uma nova sacola de lixo é recolhida, são mobilizadas as ações da GreenQ para checar, analisar e guardar as informações desse lixo utilizando os dispositivos que equipam os caminhões. Esses dados, posteriormente, são verificados para otimizar a coleta (com sugestões de rotas e horários de pico, por exemplo).

“Não há nenhuma sobrecarga no Cloud Functions, porque a performance não é de apenas uma máquina virtual ou um servidor”, explica Candel, CTO da GreenQ, ressaltando a versatilidade e o poder da infraestrutura IBM, capaz de lidar até com feriados — quando há maior produção de lixo e, com isso, mais dados sendo coletados.

A GreenQ considera os produtos IBM Cloud bastante promissores. As aplicações são possíveis em diversas áreas, como controle de tráfego urbano, controle da emissão de gases e otimização de serviços públicos. Todos aprimoramentos viabilizados pela presença de dados precisos recolhidos em tempo real.

IBM Cloud Functions e o crescimento da internet

A crescente presença da internet na sociedade está criando novas demandas para todos os tipos de negócios. Disponibilizar conteúdo digital para atrair novos clientes é uma dessas necessidades, e as companhias procuram soluções rápidas e baratas para esse problema. Então, aproveitando a oportunidade, a Articoolo desenvolveu uma IA capaz de fornecer ideias e sugestões sobre tópicos, visando otimizar o trabalho de redatores.

A ideia foi rapidamente adotada, entretanto resultou em um momento de grande número de acessos, causando um crash no servidor. Em consequência disso, a Articoolo começou a procurar opções de servidor mais flexíveis para sua plataforma; foi quando encontrou o IBM Cloud Functions.

“Articoolo não pode prever quem ou quando usará seu sistema.”

Ronen Siman-Tov, CTO da Articoolo no programa Alpha Zone Accelerator — do qual a empresa começou a participar para aperfeiçoar seus serviços —, destaca a importância da flexibilidade da hospedagem e como o Cloud Functions atende a essa demanda: “Articoolo não consegue prever quem ou quando usará seu sistema. Computação sem servidor (serverless) é a combinação perfeita para uma plataforma que tem vários acessos e, em outros momentos, fica ociosa”.

“Nosso objetivo é diminuir em 80% o tempo necessário para redigir conteúdo para internet, o que significa uma redução considerável de custo para as companhias que precisam do serviço”, revela o cofundador da Articoolo, Doron Tal. Com a infraestrutura IBM, isso está mais próximo de ser alcançado.

Como contratar a hospedagem?

Como já descrito, o pagamento do IBM Cloud Functions é feito no tempo de execução, em até décimos de segundo. A taxa básica é de US$ 0,000017 por segundo de execução e GB de memória alocada.

Visto que a cobrança é feita por segundo e por cada gigabyte de memória, o cliente pode diminuir os custos ao alocar somente a memória necessária para o seu foco. Assim, o serviço pode ser gratuito (com 500 milissegundos de execução, 128 MB de ação e 5 milhões de execuções por mês), mas também há planos de até US$ 78,20 mensais (com 1.000 ms, 512 MB e 10 milhões de execuções ao mês).

Entre aqui para mais informações!

...

Você participou da experiência IBM Profile Definer? Conte aqui para a gente o que você achou!

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Flexibilidade e versatilidade com hospedagem e desenvolvimento sem servidor