A Samsung divulgou hoje (8) o seu relatório de apuração de ganhos do quarto trimestre de 2018, e os resultados não foram muito animadores. Em linhas gerais, o lucro da empresa ficou 18,18% abaixo do esperado pelo mercado e, pior, é 28,71% abaixo do valor alcançado no mesmo período de 2017.

A sul-coreana fechou 2018 com um lucro operacional de 10,8 trilhões de wons sul-coreanos, cerca de R$ 36 bilhões. A expectativa do mercado, porém, era de um lucro de 13,2 trilhões de wons (R$ 43 bilhões), enquanto o desempenho nos 3 últimos meses de 2017 foi de 17,57 trilhões de wons (R$ 58 bilhões).

Chips e smartphones

As principais razões apresentadas pela Samsung para o desempenho abaixo das expectativas são duas: a redução da demanda de chips, um de seus setores mais lucrativos, e o acirramento da competição no mercado de smartphones. A diminuição da procura por chips prejudicou o desempenho da Samsung duplamente, pois ela teria vendido menos e mais barato.

Já o “mercado estagnado e ferozmente competitivo” de smartphones, nas palavras da Samsung, não viu os novos investimentos da companhia em marketing se transformarem em vendas diretas. A disputa cada vez mais intensa com as chinesas parece estar pendendo para o lado contrário ao da Samsung, algo já indicado anteriormente por análises da IDC e da Conterpoint.

Ainda é cedo para falar em crise, mas esses resultados diminuem a “margem de manobra” da empresa sul-coreana para os lançamentos de 2019.