Imagem de: Funcionários da Huawei são punidos após tweet feito com um iPhone
Fonte: Shutterstock

Funcionários da Huawei são punidos após tweet feito com um iPhone

1 min de leitura
Avatar do autor

O Ano-Novo chegou, e é natural que as marcas aproveitem as suas redes sociais para felicitar clientes e seguidores. O problema é quando os responsáveis por essas páginas usam dispositivos de marcas rivais para fazer isso, como foi o caso da Huawei: a mensagem da empresa foi publicada no Twitter por meio de um iPhone, e isso vem rendendo.

Um memorando obtido pela Reuters mostrou que a cúpula da companhia não ficou nada feliz com o ocorrido e que alguns funcionários foram punidos. “O incidente causou dano à imagem da Huawei”, diz o texto assinado por Chen Lifang, vice-presidente sênior e diretor do conselho da fabricante chinesa.

No comunicado interno, a Huawei explica que o problema envolveu uma falha na VPN usada em um PC para acessar o Twitter a partir da China — o acesso à rede é bloqueado no país asiático. A conta da empresa no Twitter é mantida pela agência terceirizada Sapient, que teria recorrido a um iPhone a fim de conseguir enviar a mensagem de Ano-Novo em tempo.

Punição

O memorando afirma ainda que, como punição pelo incidente, dois funcionários foram rebaixados de cargo e tiveram os seus vencimentos mensais reduzidos em ¥ 5 mil, cerca de R$ 2,7 mil. Além disso, o bônus financeiro por cargo do diretor de marketing da Huawei ficará congelado durante 12 meses, segundo informa a companhia.

A polêmica da vez acontece em meio a uma guerra comercial entre China e Estados Unidos, com disputas que envolveram o banimento de produtos da Huawei e da ZTE por parte de Donald Trump e a prisão de executiva e herdeira do império Huawei. Além disso, a Apple é atualmente a grande rival da Huawei na briga pela segunda posição no ranking das maiores vendedoras de smartphones do planeta, o que talvez explique a punição.

Nem Sapient nem Huawei se posicionaram publicamente a respeito do ocorrido, e o tweet da discórdia foi rapidamente apagado.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Funcionários da Huawei são punidos após tweet feito com um iPhone