EUA podem baixar ordem para banir do país o hardware da Huawei e da ZTE

1 min de leitura
Imagem de: EUA podem baixar ordem para banir do país o hardware da Huawei e da ZTE
Avatar do autor

Os Estados Unidos estão próximos de emitir uma ordem executiva para reprimir consideravelmente o hardware da Huawei e da ZTE no país. Segundo a Reuters, o governo Trump pode usar uma declaração nacional de emergência para proibindo as empresas norte-americanas de comprarem equipamentos de telecomunicações das duas companhias orientais.

Não está claro se o pedido exigir a substituição dos dispositivos que já vêm sendo utilizados ou apenas com relação às novas compras. A informação vem de três fontes, que confirmam a existência dessa intenção já há mais de 8 meses e que ela pode se concretizar em janeiro.

EUA e outros países tem domínio das chinesas para ampliar suposta ciberespionagem com a chegada do 5G

O maior temor de países como os Estados Unidos, o Canadá e a Austrália é de que, com a chegada do 5G, tanto a ZTE quanto a Huawei ampliem a já alta concentração de modems por todos seus territórios e amplie a cobertura em todo o mundo. Como ambas são acusadas de ciberespionagem para o governo chinês e de estarem alinhadas com países que sofrem sanções comerciais, a exemplo do Irã, a alegação é de que as fabricantes estariam infiltrando seus aparelhos para obter dados de forma ilegal.

Estamos vendo essa briga entre o governo Trump e a ZTE e a Huawei desde o início do ano e, mesmo após punição e multa, os congressistas estão pressionando para que haja rigor na fiscalização das máquinas vindo das fabricantes chinesas. Ainda não há nenhuma confirmação ou comentários oficiais, mas, caso essa ordem seja realmente baixada após o Ano Novo, a guerra tecnológica entre Estados Unidos e China deve ficar ainda mais acirrada em 2019.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
EUA podem baixar ordem para banir do país o hardware da Huawei e da ZTE