Black Friday: 5 dicas para comprar seu PC novo sem ser passado pra trás

4 min de leitura
Patrocinado
Imagem de: Black Friday: 5 dicas para comprar seu PC novo sem ser passado pra trás
Avatar do autor

Equipe TecMundo

@tec_mundo

A Black Friday 2018 está chegando, já é no dia 23 de novembro, e você já sabe como ela funciona! Desde as primeiras horas da madrugada, lojas de todo o país fazem promoções arrasadoras, e os eletrônicos são alguns dos produtos que mais recebem esses descontos. Isso significa que é a sua chance de finalmente trocar de PC e comprar um modelo novinho.

Com a ajuda da Intel e Microsoft Windows 10, o TecMundo separou algumas dicas para você sair da Black Friday sem gastar mais por algo que não precisa nem cair em armadilhas de promoções que talvez não entreguem o produto que você deseja. Com essas informações, você encerra o dia com um computador perfeito.

1. Fique de olho na geração do processador

Um processador não é avançado só por apresentar bons números de velocidade e uma alta quantidade de núcleos. A geração daquela linha também é muito importante, e às vezes você pode levar sem querer uma máquina que já conta com um chip mais defasado e que pode precisar de troca depois de pouco tempo.

Um processador.

Cada nova geração costuma apresentar uma arquitetura diferenciada ou uma forma otimizada de trabalhar com uma arquitetura antiga, por isso prefira sempre os modelos recentes. Um processador mais novo pode apresentar desempenho melhorado se comparado a um modelo anterior, além de maior eficiência no consumo de energia. Tudo isso é especialmente importante se você pretende extrair o máximo de performance da máquina, seja com games, multitarefas, consumo multimídia ou trabalhando com softwares mais pesados.

Se você está em busca de um modelo para tarefas diárias básicas, como email, navegação, filmes e leitura de textos, um processador Intel Core i3 já é o suficiente. Já os processadores i5 e i7 são os mais recomendados para quem precisa de potência nas tarefas, como gamers e criadores de conteúdo.

2. Atenção ao sistema operacional!

Existe outro detalhe bem essencial que muita gente acaba nem olhando direito: o sistema operacional. O mercado de hoje é bem variado, e você encontra notebooks não só com Windows, mas também com o Chrome OS, da Google, ou alguma modificação de Linux.

Uma captura de tela.

Por questão de compatibilidade com programas, familiaridade de uso e até maior variedade de modelos disponíveis, o sistema operacional da Microsoft acaba sendo a melhor escolha. O Windows 10 já tem a preferência da galera  e ainda conta com várias funcionalidades bem úteis, como a assistente pessoal Cortana, comandos de voz, diversos recursos de acessibilidade e segurança garantida com o login via Windows Hello.

3. Escolha bem entre HD ou SSD

Não se atente só para a quantidade de GBs da unidade de disco do seu novo computador. É importante também fazer uma escolha difícil e essencial entre uma configuração com um HD tradicional ou um SSD.

O HD costuma ter mais capacidade de armazenamento e durabilidade de uso, e isso é essencial para quem vai instalar ou guardar muita coisa no PC. Outro ponto positivo aqui é o preço, já que esses discos mais tradicionais são mais baratos que o SSD.

Uma unidade de disco.Um SSD.

Se você está disposto a gastar um pouco mais para ter o máximo de performance, então pode apostar no SDD. Essas unidades têm um desempenho de leitura e gravação de dados muito maior que as de um HD, e isso se reflete também na inicialização do sistema e no desempenho de programas em geral. Eles também são mais econômicos em termos de energia.

4. Modelos 2 em 1... Como fazer a escolha certa?

Na hora de escolher um notebook, você pode se deparar com outra escolha: um modelo tradicional de laptop ou aqueles 2 em 1. Eles são aparelhos híbridos e, além de serem um computador portátil, podem se comportar como um tablet.

Os PCs 2 em 1 são ideais para quem busca versatilidade e portabilidade. Eles costumam ser mais leves e finos que laptops tradicionais, o que é ótimo para você levar por aí na mochila, por exemplo. A tela ainda é sensível ao toque e tem uma movimentação bem livre, podendo ser usada no modo tablet ou cabana para melhor consumir conteúdos como textos e filmes.

Um computador.

Mas não se empolgue tanto, já que esses modelos também custam mais e podem não ser tão poderosos em especificações técnicas. Por isso, antes de levar um 2 em 1 para casa, pense se ele é mesmo o tipo de produto ideal para você e se os diferenciais desse segmento vão fazer a diferença no seu dia a dia.

5. Fique de olho na resolução dos notebooks!

Ao comprar um notebook, além do tamanho de tela em polegadas, você precisa prestar atenção na resolução do display. Ela é a medida de definição da imagem, de acordo com a quantidade de pixels suportadas no painel.

Tudo o que você precisa fazer é escolher um modelo de acordo com a sua necessidade e o uso planejado para o notebook.

Se você quiser apenas um notebook simples para trabalho, navegação e uso casual de outras funções sem gastar muito, uma tela HD, ou de alta definição, já é mais que o suficiente.

Já para maior qualidade na tela, o Full HD ou até o 4K são resoluções possíveis, mas aí depende do seu bolso, bem como de que tipo de conteúdo você vai consumir. O Full HD ou 1080p já é mais do que suficiente para ver filmes e jogar. Porém, quem busca um modelo para uso profissional em edição de imagens e vídeos ou para aproveitar games de última geração já pode escolher modelos com 4K, que é quatro vezes mais resolução que o Full HD.

...

Com essas dicas preciosas em mãos, agora você está preparado para entender as ofertas da Black Friday de 2018 e realizar o sonho de um PC novo. Você vai encontrar durante todo o dia uma grande variedade de computadores com chips e memórias Intel, então é só escolher o melhor para você e aproveitar. Boas compras! Acesse os links e conheça algumas ofertas desta Black Friday:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Black Friday: 5 dicas para comprar seu PC novo sem ser passado pra trás