Imagem de: Salesforce vai usar tecnologia de blockchain para barrar mensagens de spam

Salesforce vai usar tecnologia de blockchain para barrar mensagens de spam

1 min de leitura
Avatar do autor

A gigante americana de computação em nuvem Salesforce, conseguiu uma patente para combater mensagens de spam usando tecnologia blockchain. O registro da patente foi publicado no site do Escritório de Marcas e Patentes dos EUA (USPTO, sigla em inglês) na terça-feira (4), e descreve como a companhia planeja usar a blockchain para manter a autenticidade de mensagens enviadas por email.

O que a tecnologia pretende, basicamente, é fornecer um serviço com uma filtragem mais segura de mensagens indesejadas, ao mesmo tempo, reduzindo a incidência de falsos positivos (quando uma mensagem autêntica é marcada como spam por engano), que é uma ocorrência comum nos filtros atuais.

Para isso, a empresa precisa assegurar que as mensagens são autênticas quando elas chegam em seus destinatários. Sendo assim, quando um usuário enviar o email pela primeira vez, um componente selecionado da mensagem será registrado num bloco da blockchain, como forma de receber aprovação posterior em outros nós. Quando a mensagem chegar em outro servidor, ela será checada e comparada com as informações gravadas no bloco. Ela só permanecerá na caixa de entrada se as informações forem idênticas. Caso contrário, ela será encaminhada para a pasta Spam.

De acordo com o The Next Web, o documento da patente não deixou claro se esta segurança aprimorada será oferecida somente aos usuários que já assinam serviços vinculados a produtos da Salesforce, ou se ela pretende comercializá-la. Entretanto, a companhia citou que soluções parecidas podem ajudar a resolver problemas com a autenticidade de documentos como registros médicos, escrituras, transcrições educacionais, entre outros.

As solicitações de patentes baseadas em soluções de blockchain têm aumentado consideravelmente, à medida que as empresas se conscientizam da segurança associada à plataforma. Até o dia 31 de agosto, as maiores fornecedoras de patentes com tecnologia blockchain foram a IBM (EUA), com 89 registros, e a Alibaba (China), com 90.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Salesforce vai usar tecnologia de blockchain para barrar mensagens de spam