Americano pega 5 anos de prisão por comércio ilegal de Bitcoins

1 min de leitura
Imagem de: Americano pega 5 anos de prisão por comércio ilegal de Bitcoins
Avatar do autor

Um homem foi condenado nos EUA, após confessar ter negociado o equivalente a USD 3,2 milhões em Bitcoins.

Esse tipo de negócio não é proibido nos EUA, mas o problema é que o Departamento de Tesouro americano exige que os dólares utilizados nas transações precisam ser registrados na Rede de Repressão a Crimes Financeiros dos EUA (FinCEN, na sigla em inglês).

Mas Jacob Burrel Campos não registrou nem um centavo da fortuna que conseguiu. Entre janeiro de 2015 e abril de 2016, ele usou a Localbitcoins.com para atrair clientes, depois usou uma exchange regulamentada nos EUA para vender milhares de dólares em Bitcoins, a um custo de 0,14 por cento, para mais de mil clientes em seu país.

Os USD 3,2 milhões foram comprados numa exchange baseada em Hong Kong, em operações realizadas entre março de 2015 e abril de 2017.

Após ser acusado, Jacob admitiu ter realizado as transações ilegais e aceitou pagar uma multa de pouco mais de USD 823 mil, fixando sua pena em 5 anos de prisão.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Americano pega 5 anos de prisão por comércio ilegal de Bitcoins