Criador da Leap Motion disse que tecnologia da Apple é “uma porcaria”

1 min de leitura
Imagem de: Criador da Leap Motion disse que tecnologia da Apple é “uma porcaria”
Avatar do autor

Uma das startups de realidade aumentada mais destacadas da atualidade, a Leap Motion já negou uma oferta de compra da Apple por duas vezes: a primeira aconteceu em 2013 e a segunda, neste ano. Nas duas ocasiões, a gigante de Cupertino recebeu um “não” como resposta.

Uma reportagem publicada hoje pelo Business Insider, entretanto, revela detalhes curiosos da negativa da Leap Motion. Segundo a página, em 2013, a possibilidade de negócio foi desfeita de maneira abrupta e surpreendente por David Holz e Michael Buckwald, os criadores da empresa. Segundo pessoas inteiradas do tema, isso se deu de uma maneira bem pouco amistosa.

Para Holz, a tecnologia da Apple "é uma porcaria" e companhia deixou de ser inovadora

“Holz não apenas se mostrou desinteressado pela oferta da Apple em adquirir a sua equipe e a sua propriedade intelectual, afirmaram as pessoas, mas ele foi ofensivo. Ele disse aos representantes da Apple que a companhia não era mais inovadora e a sua tecnologia “era uma porcaria” e — para a descrença de muitos na ocasião — louvou as virtudes do Android.”

Outro funcionário da Leap que falou com a reportagem afirmou que Holz disse, com todas as letras, que a Apple era “o diabo”. “Eu nunca vou trabalhar para esses caras, eles são o diabo”, teria dito um dos criadores da Leap Motion.

Nova proposta

Em 2018, a Apple fez nova proposta com valores que iam de US$ 30 milhões a US$ 50 milhões, mas novamente a ideia foi rechaçada. A negociação chegou a andar e a Maçã conversou com o departamento de recursos humanos da startup a fim de analisar os benefícios concedidos pela empresa aos seus funcionários.

Os trabalhadores da Leap Motion chegaram a receber materiais de escritório com o emblema da Apple, revela o BI, o que gerou certa euforia no escritório da empresa. Mas novamente o comportamento dos criadores da empresa teria sido o responsável por não avançar as negociações e a possibilidade de acordo caiu por terra.

Há quem diga que a Apple estaria menos interessada no hardware produzido pela Leap Motion e mais em contratar pessoal e comprar patentes da empresa. Será, então, que uma nova tentativa acontecerá em breve?

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Criador da Leap Motion disse que tecnologia da Apple é “uma porcaria”