A Microsoft liberou hoje (24) os seus resultados fiscais para o “primeiro trimestre de 2019”. A empresa tem uma contagem esquisita de trimestres, mas o importante é que a ela bateu seu recorde histórico de receita para esse período do ano.

Nos últimos três meses, a empresa arrecadou US$ 29,1 bilhões em receita, com resultado líquido de US$ 8,8 bilhões. Isso quer dizer que a receita da empresa cresceu 19% em um ano, e o resultado líquido deu um salto de 14%.

Os computadores da Microsoft foram responsáveis por US$ 1,1 bilhão dessa receita, com um crescimento de 14%

O principal responsável por esses números excelentes foi o setor de computação em nuvem da Microsoft, mas a divisão de hardware responsável pela linha Surface também brilhou. Os computadores da Microsoft foram responsáveis por US$ 1,1 bilhão dessa receita, com um crescimento de 14%.

Esse é o primeiro trimestre fiscal da Microsoft em que o Surface Go foi contabilizado, indicando que o produto pode ter vendido bem. Os novos Surface Studio 2, Surface Laptop 2Surface Pro 6 não foram contabilizados pois só chegaram às na segunda metade de outubro.

surface pro 6Surface Pro 6 e Laptop 2 agora chegam ao mercado também na cor preta (fonte: divulgação)

O bom desempenho da Microsoft como fabricante de computadores foi recentemente reconhecido pelas empresas de consultoria de mercado. A Microsoft é hoje a quinta maior marca de computadores em volume de vendas nos EUA.

A receita proveniente de hardware da divisão do Xbox também cresceu 94%

Fora isso, a divisão de games como um todo também teve um bom resultado. A receita proveniente desse segmento aumentou nada menos que 44%. A receita proveniente de hardware da divisão do Xbox também cresceu 94%. O principal responsável por tamanho crescimento seria o bom momento para o lançamento do Xbox One X.

Também cresceu a quantidade de assinantes da Xbox Live, chegando a 57 milhões de usuários. Por conta disso, a empresa anunciou que, em 2019, pretende começar a testar seu serviço de streaming de jogos, o xCloud.