Brendan Iribe, um dos fundadores da Oculus VR está de saída do Facebook. A empresa de Mark Zuckerberg comprou a criadora do Oculus Rift em 2014, mas Iribe e Palmer Luckey permaneceram no comando da “nova divisão”.

O Facebook conseguiu atrair a Oculus VR e o WhatsApp para debaixo do seu guarda-chuva mostrando o exemplo do Instagram. A rede social havia sido comprada e se mantido praticamente independente do Facebook por algum tempo.

Recentemente, os fundadores do Instagram, bem como o antigo CEO do WhatsApp saíram do Facebook. Jan Koum, um dos líderes do mensageiro verde, saiu da empresa logo após o escândalo de privacidade da rede social com a Cambridge Analytica. Depois disso, ele inclusive entrou na campanha “#DeleteFacebook”.

É hora de recarregar as baterias, de refletir e ser criativo

A Oculus foi comprada por US$ 2 bilhões em 2014, enquanto o WhatsApp saiu por nada menos que US$ 22 bilhões. O Instagram, por sua vez, custou US$ 715 milhões.

Iribe não deu detalhes sobre a sua saída, tendo apenas escrito uma postagem em sua página no Facebook. “Essa será a minha primeira saída de verdade de uma empresa em mais de 20 anos. É hora de recarregar as baterias, de refletir e ser criativo”, contou.

Cupons de desconto TecMundo: