Como a inteligência artificial pode melhorar o seu smartphone?

2 min de leitura
Patrocinado
Imagem de: Como a inteligência artificial pode melhorar o seu smartphone?
Avatar do autor

Equipe TecMundo

@tec_mundo

Você lembra dos primeiros smartphones com preços um pouco mais acessíveis lançados no Brasil? Apesar de serem revolucionários, quem teve um desses aparelhos provavelmente não guarda as melhores lembranças daquela época. Era comum encontrar celulares com pouca memória que engasgavam até mesmo em tarefas simples, como enviar uma mensagem no WhatsApp.

A tecnologia evoluiu, os processadores ficaram melhores e esse problema foi resolvido na maioria dos aparelhos. Mas será que a única forma de obter mais desempenho dos celulares é aumentando a quantidade de memória RAM e a potência do chipset? Afinal, os aplicativos, jogos e sistemas operacionais móveis também ficam cada vez mais pesados e exigentes a cada ano.

É por isso que tantas fabricantes vem investindo na inteligência artificial como forma de oferecer novas ferramentas e garantir o melhor desempenho e autonomia dos dispositivos. De acordo uma análise da Counterpoint, um a cada três smartphones lançados em 2020 terão funções de IA nativas, uma tecnologia que estará presente em 35% do mercado global de aparelhos.

Mas como a IA pode melhorar o seu smartphone? Separamos alguns pontos interessantes que, se não estão presentes atualmente no seu celular, certamente serão incluídos em um futuro aparelho.

Um smartphone.

Gerenciamento de aplicativos para melhorar a bateria

Através do aprendizado de máquina, os celulares serão capazes de saber quais aplicativos você usa mais ou menos e até mesmo quando eles são mais utilizados. Com esses dados, o smartphone poderá otimizar o uso da bateria, fechando aqueles que são pouco utilizados e estão em segundo plano ou mantendo os mais usados ativos para garantir o melhor gerenciamento de energia.

Assistentes virtuais mais inteligentes

Assistentes como Siri, Alexa, Cortana e Google Assistente estão sendo implementados em todo tipo de novo dispositivo, incluindo aí os celulares. Mas esses programas ainda podem soar muito robóticos na maioria das vezes, exigindo que você fale frases específicas para executar certas funções.

Essa área deve dar um salto enorme nos próximos anos com a evolução no processamento de linguagem natural. É isso que faz com que os computadores entendam e interpretem nossa forma de falar, aproximando a comunicação com uma máquina das conversas que temos com outras pessoas.

Um smartphone.

Fotos perfeitas para todos

Uma característica bem favorável às câmeras de smartphones é que elas costumam otimizar bastante o processo para usuários que não tem tanta habilidade com fotografia. Esse é um detalhe importante que também se beneficia das inteligências artificiais, como podemos ver em alguns dos últimos lançamentos de Samsung, Huawei e ASUS.

Utilizando técnicas de visão computacional, o software desses aparelhos pode identificar o que está enquadrado e selecionar o melhor modo de câmera para capturar a imagem. Apesar de controversos, os filtros de embelezamento para selfies também se beneficiam dessa inovação e são bastante populares entre os usuários.

Mais segurança

Além de seguros, os métodos de autenticação agora precisam também ser convenientes. Alguns exemplos são a biometria por leitura das digitais ou identificação do rosto de quem acessa o aparelho. Mas uma camada extra pode ser adicionada com a ajuda da IA. Com ela, será possível analisar padrões de uso, velocidade de digitação e até mesmo a força que você aplica à tela para garantir que apenas o dono do smartphone acesse arquivos ou aplicativos particulares.

Ficou interessado?

Acha que seria legal trabalhar como uma das pessoas que faz tudo isso acontecer? A plataforma de cursos online Udacity tem tudo preparado para você. Com a primeira escola de Inteligência Artificial do Brasil, é possível ver as diferentes especializações e iniciar do ponto que for melhor, com cursos que vão do básico ao avançado e são direcionados para o mercado.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Como a inteligência artificial pode melhorar o seu smartphone?