Fabricante japonesa de câmeras Nikon encerra de vez as atividades no Brasil

1 min de leitura
Imagem de: Fabricante japonesa de câmeras Nikon encerra de vez as atividades no Brasil
Avatar do autor

Nikon deixou de vender câmeras, lentes e acessórios fotográficos desde o final ano passado no Brasil, em sua loja virtual. Agora, a fabricante japonesa encerra de vez as atividades, como já dá para confirmar em sua própria página oficial.

Em comunicado publicado no dia 12 de setembro, a companhia afirma que os produtos com garantias válidas continua com suporte. “A assistência técnica e as solicitações de reparo de produtos em garantia deverão ser realizadas pelo site da Nikon do Brasil por meio de formulário online. Equipamentos fotográficos e acessórios que estejam fora de garantia terão os serviços de assistência técnica assumidos diretamente pela marca nos Estados Unidos.”

Com relação à Nikon Instruments, a empresa diz que “as linhas completas de produtos de microscopia, bem como de acessórios e assistência técnica, continuarão a ser oferecidas no país pela empresa BioLab Brasil. Os outros distribuidores para microscópios educacionais e clínicos, Spectrun, Hoven e PMH, permanecerão inalterados e continuarão a atender seus clientes normalmente.”

nikon

Aberta em 2011, a filial recebeu um investimento inicial de US$ 10 milhões. A ideia era aproveitar a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016 para capitalizar e estabelecer no Brasil sua primeira unidade na América do Sul. Mas, como vemos, as coisas não saíram como o esperado e, de acordo com a posição da companhia, o fim das vendas locais fazem parte de uma “reestruturação global”.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Fabricante japonesa de câmeras Nikon encerra de vez as atividades no Brasil