Um dos executivos mais influentes do outro lado do globo está prestes a encerrar as atividades no mercado da tecnologia. Jack Ma, responsável pelo gigante Alibaba e sites como o Aliexpress, anunciou nesta segunda-feira (10) que vai se aposentar e começar a preparar o terreno para o futuro da companhia.

Segundo o jornal South China Morning Post, o executivo esperou o seu aniversário de 54 anos e a comemoração de 20 anos do Alibaba — que são justamente hoje — para anunciar o plano de sucessão na maior plataforma de comércio eletrônico do mundo. Ele continuará como presidente executivo do Alibaba Group Holding por mais 12 meses, mas deixa de ser presidente do conselho da empresa. Além disso, Ma continua ocupando uma cadeira no quadro de conselheiros até 2020.

O novo chefe do grupo é Daniel Zhang, que já ocupava o cargo de CEO do Alibaba — Ma deixou esse posto ainda em 2013. O novo presidente já trabalha na companhia há 11 anos e estará junto de Ma para "garantir uma transição suave e bem sucedida". Segundo o fundador, o jovem tem uma "mente analítica incomparável" e mantém os valores e a missão do grupo.

Não é o fim

Ma enviou também uma carta para acionistas, clientes e funcionários explicando o seu ponto de vista. Confira abaixo alguns trechos traduzidos e veja aqui o recado na íntegra em inglês.

"Quando o Alibaba foi fundado em 1999, nosso objetivo era construir uma empresa que deixasse a China e o mundo orgulhosos, e que cruzasse três séculos para durar 102 anos. Entretanto, todos sabemos que ninguém pode ficar em uma empresa por 102 anos. (...) Nenhuma empresa pode depender unicamente de seus fundadores. De todo mundo, eu deveria saber disso. Por causa de limites físicos da habilidade e energia de alguém, ninguém pode carregar as responsabilidades de presidente e CEO para sempre".

Duas pessoas.Jack e o cofundador do Yahoo! quando o executivo passou um tempo nos EUA.

"Tendo sido treinado como um professor, me sinto extremamente orgulhoso do que eu conquistei. Professores sempre querem que seus estudantes os superem, então a coisa responsável a fazer para mim e para a companhia é deixar pessoas mais jovens e talentosas assumirem papeis de liderança, para que eles herdem nossa missão de 'facilitar a realização de negócios em qualquer lugar'.

O Alibaba é incrível não por causa de nossos negócios, escala ou conquistas. A melhor coisa do Alibaba é que nós nos juntamos sob uma missão e visão em comum.

"Quanto a mim, tenho muitos sonhos para perseguir. Quem me conhece sabe que eu não fico parado. (...) Também quero voltar para a educação, que me empolga com tantas bênçãos porque é o que amo fazer. O mundo é grande e ainda sou jovem, então quero testar coisas novas.

A única coisa que posso prometer a todos é isso: o Alibaba nunca foi sobre Jack Ma, mas Jack Ma sempre vai pertencer ao Alibaba".

O legado de Jack Ma

O TecMundo já contou a história do Alibaba na série de vídeos História da Tecnologia. Confira acima a trajetória e a evolução da criação de Jack Ma que começou na China e ganhou o mundo.