Há três anos, o mercado estava entusiasmado com as novas possibilidades da realidade virtual (RV). Mas com o Pokémon Go, em 2016, a realidade aumentada (RA) se popularizou em dispositivos que todo mundo já tem, os smartphones, e abriu caminho para frentes comerciais mais rentáveis a curto e médio prazo. A Apple já estava de olho nesse setor, incorporando profissionais e startups dessa área, e agora parece estar mais próxima de um gadget para isso, com a aquisição da Akonia Holographics.

Óculos ou headsets de realidade aumentada da Apple estão previstos para chegar ao mercado no começo de 2019 ou 2020

A notícia foi veiculada pela Reuters. A Akonia, sediada no Colorado, foi fundada em 2012 com foco em “armazenamento de dados holográficos”. De lá para cá, ela tem desenvolvido lentes para óculos de RA e atualmente possui mais de 200 patentes registradas para esse fim. A credibilidade da empresa é boa, pois somente no seu ano de estreia havia levantado US$ 11,6 milhões para o financiamento de seus produtos.

De acordo com a Akonia, sua tecnologia de exibição oferece “lentes de vidro finas, inteligentes e transparentes, que exibem um campo de visão com imagens amplas, vibrantes e coloridas”. Ainda não se sabe exatamente quanto isso custou para a Maçã e a própria Akonia tem sido bem discreta sobre a negociação — aliás, a transação teria ocorrido há seis meses.

apple

Perguntada sobre o assunto, a Gigante de Cupertino afirmou somente que “compramos pequenas companhias de tempos em tempos e normalmente não discutimos nossos planos”. Várias informações de bastidores ventiladas nas últimas temporadas dão conta de óculos ou headsets de RA da Apple no começo de 2019 e 2020.

Portanto, é bem possível que a Akonia esteja envolvida nisso justamente para cumprir os prazos com um gadget mais poderoso e com lançamento para muito breve — então, não se surpreenda se esse dispositivo aparecer nos próximos meses.

Cupons de desconto TecMundo: