Uma representação dita oficial da Oppo na América Latina anunciou no fim de julho deste ano que estaria começando suas atividades na região. A empresa abriria uma loja oficial em Ciudad del Este, no Paraguai, basicamente para servir como teste de uma eventual vinda da marca para o Brasil. Nesta quinta-feira (16), contudo, a sede da Oppo na China enviou um comunicado para o TecMundo e vários outros veículos nacionais negando ter autorizado a abertura de qualquer representação da empresa na América Latina.

Oppo China não autorizou nenhuma organização ou pessoa a comercializar seus telefones na América Latina

“Até o momento, a Oppo China não autorizou nenhuma organização ou pessoa a comercializar seus telefones na América Latina, nem nomeou qualquer pessoa como sua representante na região”, explicou a fabricante em seu comunicado. A empresa também alerta que qualquer aparelho vendido por terceiros não autorizados não terá suporte oficial da marca, tampouco receberá atualizações.

A história fica ainda mais confusa pelo fato de o TecMundo ter recebido um convite oficial da Oppo na América Latina para comparecer ao evento de lançamento da loja da marca em Ciudad del Este no próximo dia 22 de agosto.

Falha de comunicação

Nós entramos em contato com a sede da Oppo na América Latina, e os representantes da marca explicaram que pode ter havido algum problema de comunicação entre os escritórios ocidentais e orientais da marca sobre o lançamento no Paraguai. Isso teria acontecido porque toda as operações da Oppo no ocidente são organizadas pela sede que a empresa mantém em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, enquanto as operações da companhia no restante do mundo ficam à cargo de sua sede na China.

Seria loucura fazer todo esse trabalho se não tivéssemos o respaldo da marca

“Seria loucura fazer todo esse trabalho, com um evento marcado para a semana que vem para o qual convidamos diversos jornalistas, se não tivéssemos o respaldo da marca. E, principalmente, não seria justo com o consumidor também”, justificou Cesar Borba, CEO da Oppo na América Latina, ao TudoCelular.

O lançamento da marca em Ciudad del Este, cidade vizinha de Foz do Iguaçu, estava sendo encarado como uma forma de trazer os produtos da Oppo para o mercado brasileiro e evitar os altos impostos de importação para o usuário final. Mas isso seria apenas uma solução prévia, enquanto a Oppo estaria aguardando homologação de seus produtos pela Anatel.

mapaLeva menos de 30 minutos para sair de Foz do Iguaçu (PR) e chegar a Ciudad del Este

"Estamos em contato com Dubai para esclarecer tudo direitinho. Esperamos resolver tudo o mais rápido possível, mas acredito que seja apenas uma falha de comunicação com a China", garantiu Borba. Essa situação, entretanto, só deve ser resolvida amanhã, já que, devido à diferença de fuso horário, tanto a sede em Dubai quanto a na China já estão fora de horário comercial.

O TecMundo vai atualizar esta publicação com novidades sobre o assunto assim que obtivermos mais respostas.