Com o aumento de alguns custos de operação e a diminuição nas vendas da empresa, a Samsung estaria planejando suspender a produção em uma fábrica de smartphones na China. De acordo com a Reuters, a Tianjin Samsung Telecom Technology pode ter suas atividades suspensas devido à diminuição da procura pelo Galaxy S9 e o S9+, o que fez cair em 22% a receita da companhia sul-coreana no segundo trimestre de 2018.

Como o mercado global de smartphones enfrenta desaceleração no crescimento, a Samsung está focada atualmente em elevar a eficiência de nossas operações

Além desse problema, a empresa também está esperando uma lentidão nas vendas no segundo semestre do ano devido à competitividade do mercado e o lançamento de novos produtos. A fábrica que pode cessar a produção de celulares da Samsung é uma das duas que a empresa possui na China e fabrica cerca de 36 milhões de aparelhos por ano. Ela, porém, é a menor das duas em atividade – a outra continuaria com a produção de 72 milhões de dispositivos anualmente.

“Como o mercado global de smartphones enfrenta desaceleração no crescimento, a Samsung está focada atualmente em elevar a eficiência de nossas operações na Samsung Telecom Technology de Tianjin”, disse um porta-voz da Samsung em um comunicado. “Nenhuma decisão foi tomada sobre a retirada das operações de Tianjin”, concluiu.

Mais recentemente, para baratear a produção, a Samsung tem apostado mais em suas fábricas em território vietnamita e indiano. Apenas no Vietnã a fábrica da empresa sul-coreana coloca anualmente no mercado cerca de 240 unidades.

Cupons de desconto TecMundo: