Após a última de suas polêmicas na internet, Elon Musk recebeu de seus conselheiros a dica para ficar distante do Twitter. O executivo, porém, parece não estar muito aí para esse tipo de conselho. Ao contrário, ele acaba de tuitar que considera comprar todas as ações da Tesla nas mãos de acionistas a fim de tornar a companhia privada outra vez.

“Estou considerando tornar a Tesla privada por US$ 420 [por ação]”, escreveu o executivo em sua conta na rede social. “Fundos garantidos”.

O valor em questão é consideravelmente superior aos cerca de US$ 365 que cada ação da empresa vale neste momento na bolsa de valores da NASDAQ. Os papéis da empresa valorizaram nesta terça-feira (cerca de 6,5% até o momento) graças ao anúncio feito hoje (7) de que um fundo saudita independente adquiriu US$ 2 bilhões em ações da Tesla.

O valor proposto por Elon Musk seria maior ainda do que a alta histórica de valorização da Tesla alcançado no ano passado, quando cada ação da empresa chegou ao teto de US$ 389,61. Tudo isso leva a crer, naturalmente, que a ideia do executivo é somente uma brincadeira e não um plano para “retomar” companhia toda para si.