Preocupado com o fato da juventude estar usando dispositivos móveis de maneira danosa para a saúde, o governo francês decidiu criar uma nova legislação que vai proibir o uso de celularestablets nas escolas da França a partir do próximo mês de setembro. Com isso, alunos vão ser obrigados a desligar seus smartphones antes de adentrar ambientes escolares.

Muita gente no país se opõe à medida, mencionando certos elementos que tornam a proibição impossível de ser colocada em prática

A medida vai de acordo com um movimento amplo na França para diminuir o uso dos dispositivos em situações que possam atrapalhar as pessoas ou mesmo servir como ameaça às vidas dos usuários. No começo do ano, o país proibiu o uso de smartphones dentro de veículos mesmo quando os mesmos estão parados. Assim, não adianta sacar rapidinho o celular naquele momento parado no semáforo vermelho que a multa vem assim mesmo.

Será que cola?

Desde 2010 o uso de celulares durante as aulas é proibido na França, mas a medida atual vai ter sua aplicação ampliada para todo o ambiente escolar, seja entre as aulas ou mesmo em horários de descanso. Apenas a utilização pedagógica dos aparelhos, quando necessária, vai ser permitida e sob a tutela de professores ou responsáveis.

Muita gente no país se opõe à medida, mencionando certos elementos que tornam a proibição impossível de ser colocada em prática, como a fiscalização apropriada do uso dos celulares, falta de locais seguros para o armazenamento dos dispositivos e a necessidade de uso no caso de alguma emergência muito grave.

Atualmente, 9 em cada 10 jovens franceses com idades entre 12 e 17 anos possuem um smartphone.

Cupons de desconto TecMundo: