Contratar um expoente de um rival para desenvolver o seu próprio produto não é algo surpreendente no mundo dos negócios e, ao que tudo indica, essa é uma das estratégias do Facebook para criar o seu próprio processador. Segundo o Bloomberg, a companhia de Mark Zuckerberg contratou Shahriar Rabii, ex-responsável por liderar a equipe de desenvolvimento de chips dentro da Google.

Para quem não lembra, o Pixel 2 trouxe consigo o primeiro chip fabricado pela Google, o Pixel Visual Core. O equipamento, que permite a aplicativos de terceiros tirarem proveito da excelente câmera do Pixel 2, é fruto do trabalho desenvolvido pela equipe liderada por Rabii dentro da gigante da web.

A informação sobre a mudança de emprego do agora ex-engenheiro da Google retoma um papo iniciado em abril deste ano. Na época, o Facebook anunciou estar em busca de um profissional capaz de gerenciar todas as etapas de pesquisa e desenvolvimento de um System-on-Chip. A ideia seria seguir uma tendência de mercado já levada a cabo por empresas como HuaweiSamsungApple e reduzir a dependência das grandes fabricantes de processadores ao criar seus próprios chips.

A mudança de Rabii não foi confirmada por nenhuma das duas companhias e o Facebook também não deixa claro qual o fim do seu possível processador caseiro. A principal aposta, entretanto, é que ele seja o responsável por dar vida a uma nova geração dos headsets de realidade virtual da marca Oculus.

Cupons de desconto TecMundo: