A Boring Company, a empresa de Elon Musk criada para construir túneis, acaba de anunciar que venceu uma licitação em Chicago, nos EUA, para construir uma ligação subterrânea entre o centro da cidade e o Aeroporto Internacional O’Hare. A ideia é que os passageiros consigam fazer o trajeto entre esses dois pontos em 12 minutos, quatro vezes mais rápido que os meios de transportes mais eficientes que fazem o mesmo caminho.

Para isso, a Boring Company vai construir um túnel subterrâneo ligando a cidade a dois terminais do aeroporto. A viagem será feita em “skates elétricos”, basicamente carros autônomos elétricos guiados por um trilho no chão. Esses veículos poderão viajar entre 200 km/h e 240 km/h, e cada um poderá abrigar até 16 pessoas.

boring company

A empresa afirma que esses veículos partirão do aeroporto com bastante frequência, sendo possível enviar um veículo a cada 30 segundos pelo túnel. A estrutura funcionaria 20 horas por dia, todos os dias da semana, atendendo toda a demanda de passageiros no aeroporto.

Cada corrida deve custar algo até US$ 25, o equivalente a R$ 92 na cotação de hoje. É interessante destacar que a Boring Company vai ficar com todo o esse dinheiro para si, uma vez que ela ganhou o direito de operar o túnel com exclusividade, sendo que toda a construção será paga pela empresa de Musk e não pelo poder público. Estima-se que a companhia tenha que levantar algo próximo de US$ 1 bilhão para concretizar o projeto.

Ainda não foram reveladas informações como a previsão para a inauguração do túnel, tampouco o trajeto que essa construção terá que fazer. Também não sabemos se haverá paradas no meio do caminho.