Acabou de acontecer a Computex, a maior feira de tecnologias do mundo, que, neste ano, foi realizada em Taipei, Taiwan.

Alguns jornalistas aproveitaram a presença do CEO da NVIDIA, que estava participando de uma mesa-redonda no evento, para perguntar sobre as previsões de lançamentos da marca.

A longa espera dos usuários deve continuar

Uma nova geração de GPUs é aguardada há bastante tempo pelos usuários; havia esperanças de que um modelo GTX 1170 ou 1180 desse as caras no mercado ainda em 2018.

Mas, conforme as palavras do próprio Jensen Huang, CEO à frente da marca, o lançamento não deve acontecer tão cedo.

Os usuários chegaram a acreditar no contrário, pois o preço dos modelos sofreu grande variação em pouco tempo — o que poderia ser um sinal de liberação de estoque e, consequentemente, surgimento de novos equipamentos.

Os motivos por trás do hiato da NVIDIA

O CEO explica, no entanto, que a variação do valor de mercado das placas foi definida pelo advento das criptomoedas; os preços se elevaram por causa da procura intensa de GPUs para mineração. A explosão da moeda digital acabou desvalorizando as GeForce, quando se percebeu que a atividade não é rentável.

A falta de novidades no mercado impressiona os usuários — e não é de se surpreender. Em meados de 2006, a marca mantinha um ritmo constante de lançamentos de modelos a cada 6 meses.

Jensen Huang não afirmou com certeza quando devem sair os novos GPUs GeForce da NVIDIA, mas incentivou as pessoas a retomarem o uso dos aparelhos eficientes, agora que eles se encontram com preços mais atrativos.