Patreon — plataforma de financiamento coletivo para artistas e criadores em geral — acaba de adquirir a Kit, comunidade online de recomendação. Por meio da fusão, a companhia pretende oferecer soluções para as operações de venda e entrega de mercadorias. Em um comunicado, o VP de produtos da norte-americana, Wyatt Jenkins, informou que a união teve como objetivo facilitar o processo para os seus membros. Ele afirma que essa etapa costuma ser um pouco complicada, devido ao tempo gasto em pesquisas por preços mais baixos de envio de remessas e deslocamentos, por exemplo.

Porém, segundo ele, o retorno financeiro desses itens ainda é bastante considerável para os usuários e garante certa conexão entre criador e fã. Portanto, tornar a operação mais simples poderia proporcionar, evidentemente, mais vantagens, tanto para vendedores quanto para compradores.

A CEO da Kit, Camille Hearst, também se manifestou, dizendo que: “Estamos entusiasmados por nos unir à Patreon e trabalhar nesse mercado e esperamos desenvolver recursos que proporcionarão aos artistas uma maneira simples de entregar seus produtos aos seguidores”. Mesmo com essas mudanças, os links da comunidade continuarão operando normalmente; os fluxos de receitas também não serão interrompidos. Apesar de todas as informações, nenhum dos representantes falou exatamente como as ferramentas integradas irão funcionar. Há apenas uma recomendação: que os interessados entrem em contato por email.