Microsoft quer contornar sinais de abandono do Bing Maps com atualização

1 min de leitura
Imagem de: Microsoft quer contornar sinais de abandono do Bing Maps com atualização
Avatar do autor

O buscador da Microsoft não apresenta atualizações de relevância aos usuários desde 2015. Além do ostracismo ao longo de todo esse período, outro fator testemunha o descaso da Microsoft com o buscador.

Nos últimos dias, foi possível perceber que pesquisas na barra de buscas do site direcionaram pesquisas diretamente para o Google Maps.

Os dados informados pelo Bing Maps no resultado das buscas também parecem estar desatualizados. Por exemplo, usuários identificaram que há mais de 6 meses informações sobre determinadas estradas não aparecem no site, embora essas mesmas vias já se encontrem em outras fontes, como o Here Maps.

Ainda assim, a página mantém o copyright devidamente atualizado, com o ano de 2018 indicado no canto inferior direito.

1

Equipe do Bing Maps anuncia novidades em breve

Apesar de todos os indícios verificados, o gerente de programação do grupo Microsoft, Loren E. Hillberg, se pronunciou afirmando que está em curso uma atualização para a página, que deverá ganhar um processador de dados mais rápido, a fim de otimizar a experiência do usuário com o serviço.

Segundo Hillberg, o atraso do Bing Maps em relação aos sites concorrentes deve ser superado em breve, em função dos novos planos da sua equipe para o localizador da Microsoft.

Outra justificativa dada pela Microsoft em relação ao suposto abandono do Bing Maps é que a empresa utiliza dados continuamente da base de dados do Bing.

2

Isso quer dizer que, ainda que sites e aplicativos do Bing não estejam sendo acessados diretamente, os usuários consomem informações a todo momento do Bing por meio de outros serviços, como softwares e programas da Microsoft.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Microsoft quer contornar sinais de abandono do Bing Maps com atualização