A realidade virtual vai transformar completamente a experiência de compra. Essa é a aposta do Walmart e, para liderar a corrida, a gigante do comércio acaba de colocar na bolsa a startup Spatialand. A companhia desenvolve softwares que transformam conteúdo que já está ali, pronto para consumo, em experiências de VR.

A Spatialand já era uma velha conhecida do Walmart – participou do programa de incubação da multinacional, chamado Store No. 8, no ano passado. Como parte do negócio, o fundador Kim Cooper e mais ou menos dez funcionários devem se juntar ao grupo.

A supervisora do projeto na fase de incubação, Katie Finnegan, vai ser a CEO temporária da Spatialand. Em entrevista ao Recode, Finnegan disse que seu time vai se focar em experiências de varejo e que vamos ter que esperar entre 12 e 18 meses para conhecer as novidades.

Ainda não temos informações sobre os números da operação. Mas, levando em conta a proximidade entre as duas empresas, dá para apostar que foi uma pechincha, né?

Curtiu o texto? Saiba que isso é só um gostinho do que é publicado diariamente na newsletter do The BRIEF, que traz as principais notícias do mercado de tecnologia pra você, todas as manhãs. É serious, é business, mas com um jeitão bem descontraído (#mozão). Para assinar, é só clicar ali -> aqui

Walmart vai às compras e leva startup de realidade virtual para casa via The Brief