O iPhone X chegou, causou bastante polêmica, deixou muita gente com vontade de comprar e, parou por aí. Depois de figurar como o aparelho mais vendido do último trimestre de 2017, o celular da Apple não conseguiu manter o embalo. De acordo com diversas fontes, a Apple estaria planejando cortar pela metade a produção do celular no próximo mês, em razão da queda na procura.

Uma reportagem do jornal Nikkei aponta que a empresa teve vendas decepcionantes nos feriados de fim de ano. Rumores apontam que a Apple poderia até mesmo aposentar o modelo no fim de 2018. A Samsung já teria reduzido em 10% a produção das telas OLED que equipam o smartphone.

Culpa de quem?

A tela, aliás, é o componente mais caro do smartphone da Apple e seria uma das razões para o preço de US$ 1 mil. A estimativa inicial dava conta de que a marca iria fabricar 40 milhões de iPhone X em março. No entanto, o Nikkei aponta que que a empresa já notificou seus fornecedores de que vai reduzir a produção para cerca de 20 milhões de unidades.

A publicação asiática ainda aponta que o ajuste foi realizado por conta das vendas ruins em diversos mercados-chave para a empresa, como: China, Europa e EUA.

Segundo a reportagem, os outros modelos do portfólio da empresa (iPhone 8, iPhone 8 Plus e modelos anteriores) devem seguir com os números de unidades planejados. Ou seja, a questão parece ser mesmo o preço salgado do modelo X.

Curtiu o texto? Saiba que isso é só um gostinho do que é publicado diariamente na newsletter do The BRIEF, que traz as principais notícias do mercado de tecnologia pra você, todas as manhãs. É serious, é business, mas com um jeitão bem descontraído (#mozão). Para assinar, é só clicar ali -> aqui

Encalhou? Apple corta a produção do iPhone X por conta de baixa nas vendas via The Brief

Cupons de desconto TecMundo: