A LG revelou o seu balanço financeiro anual referente a 2017 e as notícias são bastante animadoras. Isso porque o ano passado terminou com a companhia arrecadando um total de US$ 55,4 bilhões, receita 10,9% maior do que a obtida em 2016 e maior já registrada em toda a sua história. O período também foi marcado por um lucro operacional de US$ 2,23 bilhões, o segundo maior de todos os tempos para a fabricante sul-coreana.

Contudo, apesar dos ótimos lançamentos mobile da LG no ano passado, especialmente o G6 e o V30, a divisão mobile da empresa ainda patina. Os grandes responsáveis pela receita recorde e pelo lucro considerável foram as televisões com painéis OLED e também os eletrodomésticos, produtos pelos quais a companhia também é bastante conhecida.

LG TVAs televisões da LG ajudaram a fazer de 2017 um dos anos mais lucrativos da história da LG.

A divisão responsável por smartphones da LG registrou perda de US$ 192,3 milhões na somatória dos últimos 12 meses. Com isso, o resultado da companhia na venda de portáteis foi pior do que a previsão dos analistas, que apostavam em uma perda de US$ 187 milhões para o acumulado entre janeiro e dezembro de 2017.

“A LG Mobile acumulou US$ 10,52 bilhões em vendas anuais apesar do mercado desafiador e da forte concorrência de marcas chinesas”, justifica a companhia no comunicado liberado para a imprensa.

Em suma, a LG ainda tem muito o que fazer em 2018 para superar a desconfiança do público e tornar a sua divisão de smartphones uma célula rentável de fato. Talvez um pouco da estratégia para este ano fique clara nesta sexta-feira (26), quando a fabricante sul-coreana realiza uma conferência em inglês para comentar os resultados de 2017.

Cupons de desconto TecMundo: