Amazon abriu as portas hoje (22) de um de seus projetos mais ousados. Trata-se do Amazon Go, uma mistura de mercearia com loja de conveniências que tem como principal destaque a ausência de funcionários que façam a cobrança dos produtos ou caixas registradoras.

Tudo o que você precisa fazer para entrar é baixar o app do estabelecimento e aproximar o smartphone da catraca com o código de barras em exibição para liberar acesso. Em seguida, só tirar os produtos da prateleira, guardá-los e sair do local. Todos os itens que você pegou são armazenados em um carrinho virtual e cobrados como se você tivesse feito uma compra online no site da Amazon.

Tecnologias como visão computacional embutida nas várias câmeras espalhadas pelo local, sensores e deep learning ajudam o sistema da loja a aprender hábitos de consumo, guardar seus itens favoritos e ficar de olho para evitar malandragens. Funcionários da Amazon cuidam do estoque, da preparação de alimentos frescos e ficam de prontidão para tirar dúvidas e ajudar iniciantes.

A primeira unidade fica em Seattle, nos Estados Unidos, e estava em testes desde dezembro de 2016, sendo utilizada apenas por funcionários da companhia. Aparentemente, tudo deu certo nesse período de avaliação — exceto por um pequeno contratempo em que mais de 20 pessoas entraram no mercado ao mesmo tempo, confundindo o sistema por um instante.

Cupons de desconto TecMundo: