A Coreia do Sul anunciou hoje que está preparando um projeto de lei que pode banir as transações domésticas de criptomoedas. Não, você não leu errado. A notícia fez com que os preços do Bitcoin despencassem hoje e colocaram todo o mercado de moedas virtuais em choque.

Como o The BRIEF já havia contado, o cerco está apertando em volta de “Bitcoin e seus amigos”. A decisão da Coreia do Sul vem no momento em que vários outros governos e entidades pelo mundo estão tentando regulamentar esse tipo de moeda.

O ministro da Justiça do país asiático, Park Sang-ki afirmou que o governo está preparando uma lei para proibir o comércio de moedas virtuais nas bolsas domésticas.

“Há grande preocupação com as moedas virtuais e o Ministério da Justiça está basicamente preparando um projeto de lei para proibir o comércio de criptomoedas por meio das bolsas”, comentou a autoridade sul-coreana em entrevista coletiva.

Não há motivo para pânico

Depois de toda a confusão, o gabinete presidencial da Coreia do Sul acalmou geral e disse que essa é uma das medidas que está sendo considerada. Ou seja, ninguém precisa se desesperar – por enquanto.

Após a elaboração de um projeto de lei, a tal proibição ainda precisa ser aprovada por 297 membros da Assembleia Nacional da Coreia do Sul. Só esse processo pode demorar meses ou até anos.

De acordo com o analista chefe da EST Security, Mun Chong-hyun – em entrevista para a agência Reuters – a proibição na Coreia pode dificultar o comércio da moeda, mas não inviabilizá-lo.

Curtiu o texto? Saiba que isso é só um gostinho do que é publicado diariamente na newsletter do The BRIEF, que traz as principais notícias do mercado de tecnologia pra você, todas as manhãs. É serious, é business, mas com um jeitão bem descontraído (#mozão). Para assinar, é só clicar ali -> aqui

Eita! Coreia do Sul pode proibir negociação de bitcoins via The Brief