A gente acabou de falar que a Samsung deve ter um Q4 absurdo de bom, não é? Enquanto isso, “do outro lado da Coreia do Sul”, a LG também vai fechar o último trimestre de 2017 com lucro operacional. Só que bem menor: US$ 343 milhões (cerca de R$ 1,1 bilhão). Os números indicam um crescimento forte em relação ao período entre outubro e dezembro de 2016, quando a LG teve uma perda de US$ 33 milhões (algo em torno de R$ 106 milhões).

É, mas nem tudo é festa no Q4 da LG: a expectativa dos analistas era por um lucro maior. O que é pior, ainda há a perspectiva de que a empresa está perdendo dinheiro com a divisão mobile. Os analistas apontam que essa área da LG ainda opera no vermelho, mesmo com o aumento nas vendas dos smartphones de linhas como Q e V30.

Recentemente, a LG anunciou um novo executivo para liderar o “barco mobile” da companhia sul-coreana. Talvez o capitão Hwang Jeong-hwan consiga levar o barco da empresa sul-coreana para os cantos da prima “barba” azul.

Ah, caso você esteja se perguntando, as divisões que “seguraram” a barra da LG foram as TVs OLED – especialmente no segmento premium – e as aplicações para casa.

Curtiu o texto? Saiba que isso é só um gostinho do que é publicado diariamente na newsletter do The BRIEF, que traz as principais notícias do mercado de tecnologia pra você, todas as manhãs. É serious, é business, mas com um jeitão bem descontraído (#mozão). Para assinar, é só clicar ali -> aqui

LG deve lucrar no Q4, mas não graças aos celulares via The Brief

Cupons de desconto TecMundo: