De acordo com fontes anônimas citadas pelo DigiTimes, a fabricante de chips MediaTek poderia começar a fornecer modems para conectividade 4G dos atuais e próximos iPhones da Apple em 2018. A empresa entraria na cadeia produtiva da Maçã para substituir a Qualcomm, companhia com a qual a Apple briga intensamente na justiça por conta de royalties referentes a modems para smartphones.

A Apple já teria redirecionado 50% das suas encomendas desses chips para a Intel e estaria procurando outra grande fabricante para ficar responsável pelo restante da sua demanda. Assim, a gigante de Cupertino poderia ficar totalmente independente da Qualcomm na questão de conectividade em seus iPhones. De acordo com a Maçã, a criadora dos chips Snapdragon estaria cobrando uma quantia injusta de royalties pelo uso de seus modems nos iPhones, se aproveitando de sua posição de líder no segmento.

Trabalhando duro para encontrar novos parceiros comerciais e expandir seus negócios

O DigiTimes procurou a MediaTek para comentar sobre o assunto, mas a empresa taiwanesa se recusou a discorrer sobre o rumor. Em vez disso, um porta-voz disse apenas que a companhia estava trabalhando duro para encontrar novos parceiros comerciais e expandir seus negócios.

Analistas de mercado, contudo, acham difícil a MediaTek conseguir algum espaço significativo na cadeia produtiva atual da Apple, considerando que a empresa já teria uma lista de fornecedores bem fechada. Contudo, a fabricante de chips poderia sim suprir componentes para aparelhos domésticos conectados como o HomePod, dispositivos vestíveis e acessórios, segmento no qual é líder global.

Cupons de desconto TecMundo: