O sonho de muitos fãs de entretenimento pode estar um pouco mais perto de se realizar: segundo informou a Reuters, a Comcast – dona do canal norte-americano NBC e maior provedor de TV a cabo dos EUA – teria abandonado a disputa para comprar a 21st Century Fox, deixando o caminho livre para a principal concorrente a adquirir a gigante da mídia: a Disney.

A empresa agora busca um acordo de mais de US$ 40 bilhões, ou R$ 133 bilhões, para ser dona dos estúdios de cinema da Fox, dos canais (que incluem FX e National Geographic) e diversas outras ramificações da companhia no mundo todo, como a rede Star da Índia e participação no provedor europeu de TV a cabo Sky PLC.

Caminho livre

Quando um conjunto de ativos como a Fox está disponível, é nossa responsabilidade avaliar se existe uma jogada estratégica que poderia beneficiar nossa empresa e nossos acionistas

A desistência da Comcast em comprar a Fox foi revelada por meio de um comunicado feito à imprensa pela companhia: “Quando um conjunto de ativos como a Fox está disponível, é nossa responsabilidade avaliar se existe uma jogada estratégica que poderia beneficiar nossa empresa e nossos acionistas. É o que tentamos fazer e não estamos mais envolvidos na revisão desses ativos. Nunca obtivemos o nível de engajamento necessário para fazer uma oferta definitiva”.

A Reuters apurou que há uma preferência por parte dos donos da Fox pela venda da empresa para a Disney: é melhor ser pago com as ações da criadora de Mickey Mouse do que com as da Comcast. Além disso, a família Murdoch – responsável pela fundação e desenvolvimento da Fox – acredita que a união com a Disney vai dar menos dor de cabeça em termos burocráticos (entre os reguladores antitruste norte-americanos) do que com a Comcast.

Caso isso realmente aconteça, vamos finalmente poder ver a união entre os Vingadores e os X-Men no cinema (entre outras coisas não tão importantes assim)! Nem a Disney, nem a Fox comentaram sobre a desistência da Comcast.