O Bitcoin disparou novamente e alcançou o valor recorde de US$ 10 mil (R$ 32,3 mil) a unidade nesta terça-feira (28). Foram cerca de três meses para a criptomoeda pular de US$ 3 mil para US$ 10 mil. No começo deste ano, um BTC tinha o valor de US$ 1 mil (R$ 3,2 mil).

Segundo o CoinMarketCap e analistas consultados pelo Mashable, esse aumento de 1 mil % no valor em 2017 tem total ligação com o aumento do interesse público, com cada vez mais pessoas investindo na moeda digital. Além disso, empresas e companhias investidores entrando nesse barco — e ainda governos começando a pensar na utilização de criptomoedas — ajudaram a jogar gasolina nessa fogueira.

O CoinMarketCap ainda notou que não é só o Bitcoin que está crescendo, mas as outras criptomoedas também. Por isso, o mercado de moedas virtuais combinado cruzou a marca de US$ 300 bilhões em valor na segunda-feira passada (27). O Ethereum está logo atrás do Bitcoin, com um mercado de US$ 45 bilhões. 

chartGráfico de crescimento

  • E você? Já comprou sua parte em Bitcoin?

Cupons de desconto TecMundo: